Rondônia, 26 de Novembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Nacional

PF combate desvio de recursos públicos do Ministério da Cultura

Prejuízo estimado é de R$ 13 milhões

Terça-feira, 13 Dezembro de 2016 - 08:22 | da Redação


PF combate desvio de recursos públicos do Ministério da Cultura

A Polícia Federal deflagrou nesta manhã desta terça-feira (13) operação Hefesta para desarticular esquema de desvio de recursos públicos federais do Ministério da Cultura para a construção do Museu do Trabalho e do Trabalhador no município de São Bernardo do Campo (SP).



A investigação da Polícia Federal aponta o desvio de recursos provenientes de projetos da Lei Rouanet e convênios do Ministério da Cultura com a prefeitura municipal. Há indícios de superfaturamento de projetos, subcontratação ilegal de empresas sem licitação e duplicidade de objetos nos projetos de captação. A obra iniciou em 2012 e estava prevista para durar nove meses, mas até hoje não foi concluída.

O inquérito foi instaurado pela PF a partir de informações divulgadas pela imprensa em novembro de 2014, indicando atraso e possíveis fraudes na construção daquele museu.

A investigação da Polícia Federal aponta o desvio de recursos provenientes de projetos da Lei Rouanet e convênios do Ministério da Cultura com a prefeitura municipal. Há indícios de superfaturamento de projetos, subcontratação ilegal de empresas sem licitação e duplicidade de objetos nos projetos de captação. A obra iniciou em 2012 e estava prevista para durar nove meses, mas até hoje não foi concluída.

O nome da operação remete ao deus grego Hefesto, do trabalho e da metalurgia.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também