Rondônia, 01 de março de 2024
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Negócios

Saiba como os jogos clássicos podem ajudar no desenvolvimento de habilidades

Sexta-feira, 18 Agosto de 2023 - 07:32 | Redação


Saiba como os jogos clássicos podem ajudar no desenvolvimento de habilidades

Em tempos em que a inteligência artificial ganha relevante participação em atividades cotidianas e profissionais, especialistas têm ressaltado como habilidades humanas continuam sendo únicas e necessárias: o pensamento crítico, a inteligência emocional, a capacidade de tomada de decisões, criatividade e originalidade, análise e flexibilidade e as conexões interpessoais. Para o futuro, mesmo na era digital, trabalhar esses aspectos, além do autoconhecimento, deve estar entre as necessidades de desenvolvimento pessoal.

Para isso, os estudos são relevantes, assim como as experiências. No entanto, estimular os skills cognitivos não precisa ser uma tarefa difícil, trabalhosa e estressante. É possível relaxar e se divertir ao praticar atividades físicas e mentais, como jogos e esportes, por exemplo. Uma terapia para o corpo e o cérebro.

Há modalidades conhecidas, de títulos clássicos, que contribuem para o desenvolvimento, impactando positivamente no dia a dia. Alguns exemplos são puzzles, poker, xadrez, ping-pong, golfe etc. O importante é encontrar o estilo que mais se adequa a cada um. Na maioria das vezes, os desafios avançam com a prática, e os resultados diretos ou indiretos se tornam perceptíveis em diferentes circunstâncias da vida.

Quebra-cabeças

Jogos divertidos do momento viralizaram nos celulares de pessoas de todas as idades, a exemplo de Candy Crush, Bubble Shooter e Angry Birds. Hoje em dia esses passatempos ganharam uma roupagem mais colorida e atrativa, porém sem perder a essência de um bom puzzle: concentração, persistência e resolução de problemas.

Voltando às bases mais clássicas, os quebra-cabeças de peças continuam sendo uma ótima opção para treinar o cérebro. Seja de 50 ou 8.000 peças, o que vale é seguir seu próprio ritmo, sozinho ou com ajuda, desafiando ainda as habilidades visuais e psicomotoras.

Jogos de tabuleiro

Desde a antiguidade, em distintas civilizações, uma superfície plana marcada e peças para uma “batalha” se tornaram populares. Além de lazer, praticar os jogos de tabuleiro trabalha o raciocínio, a memória, a visualização de cenários e tomada de decisão. Estudar jogadas e conhecer bem as regras fazem parte do processo de aprendizado, e da subsequente evolução do jogador.

Entre esses jogos, que incluem inclusive os populares damas e jogo-da-velha, o xadrez ganhou notoriedade mundial com grandes torneios e praticantes caracterizados pela inteligência. Mas o fato é que não precisa ser um gênio para se aventurar nessa modalidade. Há diferentes níveis e existem até mesmo plataformas para jogar online, com tutoriais para entender os conceitos básicos.

Outros clássicos em casa ou na roda de amigos podem entrar na lista, se o objetivo for somente se divertir e testar seus talentos de forma pontual: Detetive, Banco Imobiliário, Ludo, Imagem e Ação, Batalha Naval, War, entre outros. Tudo vale para exercitar seus conhecimentos e competências.

brinquedo plástico vermelho e verde amarelo
Photo by Unsplash

Jogos de cartas

A dedicação, foco e estratégia também são habilidades dos maiores jogadores de poker. Apesar de campeonatos mundiais competitivos, essa modalidade de esporte da mente é acessível a qualquer um. Para quem está começando, uma dica é explorar variantes mais populares, como o Texas Hold’em. É possível treinar sozinho, de forma gratuita online.

Paciência é outra habilidade, e ao mesmo tempo jogo clássico caracterizado por esse nome – conhecido ainda como Solitaire ou Solitário. No computador, celular ou cartas físicas, apenas um jogador se desafia no planejamento, organização, tempo e relaxamento.

Com um baralho em mãos, há jogo para qualquer ocasião. Buraco ou Canastra, Cacheta ou Pife, Pif Paf, Tranca, Truco... e por aí vai. A mente agradece – e o humor também.

Esportes

Se quem quer praticar habilidades é mais adepto de ritmos, modalidades com mais movimento auxiliam corpo e mente. Esse é o caso do tênis e do ping-pong. Esse último, também chamado de tênis de mesa, pode ser improvisado em uma atividade de descontração em família e com amigos.  Pode parecer brincadeira, mas é um bom treino de coordenação motora, agilidade, reflexo, calma e concentração.

Os benefícios existem em vários outros esportes. Na verdade, alguns mitos precisam ser quebrados para as pessoas aproveitarem mais o que cada jogo pode proporcionar. Um exemplo é o golfe, às vezes imaginado como algo de elite. É importante para a interação social, contato com ambientes externos, controle emocional e superação.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também