Rondônia, segunda-feira, 26 de outubro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Polícia

Publicado em Quarta, 23 de Setembro de 2020 - 09h04

Acusada de envolvimento em decapitação de jovem é presa no mesmo residencial onde o crime aconteceu

da Redação


Acusada de envolvimento em decapitação de jovem é presa no mesmo residencial onde o crime aconteceu

A foragida Izabel dos Santos da Silva, 27 anos, foi localizada e presa nesta terça-feira (22) por policiais da Delegacia de Homicídios de Porto Velho. Ela é acusada de ter participação na morte do jovem Rubem Ariel Silva Souza, 18 anos, ocorrida no dia 23 de junho deste ano no condomínio Morar Melhor, na Capital.

Segundo as investigações, Izabel teria agredido e efetuado facadas na vítima.

Os investigadores, coordenados pela delegada Leisaloma Carvalho, estavam à procura de Izabel desde a deflagração da Operação Louva-a-Deus, desdobramento da Operação Egos Pótamos, que colocou na cadeia integrantes da facção criminosa Primeiro Comando do Panda (PCP) e que também tiveram participaram da tortura e decapitação de Rubem Ariel. 

A mulher foi localizada no mesmo residencial onde a vítima foi morta, no Morar Melhor. No momento da abordagem, investigadores flagraram Izabel e mais três mulheres com várias porções de droga.

Ela recebeu voz de prisão, foi ouvida pela delegada e encaminhada para o presídio, onde ficou à disposição da justiça.


O crime

De acordo com a delegada Leisaloma Carvalho, Rubem Ariel foi atraído para o local por uma mulher, integrante da facção criminosa Primeiro Comando do Panda. No momento em que o jovem chegou ao residencial, à criminosa atraiu a vítima para dentro do apartamento de um dos envolvidos no crime.

No momento em que a Rubem sentou na cama, ele foi rendido pelos criminosos, que estavam escondidos esperando o momento certo para agir. Rendido, o jovem foi amarrado, interrogado, torturado e julgado a morte. “Ele passou por uma série de interrogatório, respondeu a várias perguntas, mas mesmo assim os acusados mataram o jovem de uma forma cruel”, disse Leisaloma Carvalho.

A Polícia apurou que Rubem não tinha nenhuma passagem pela Polícia. “Não temos comprovação de que ele pertencia a alguma facção criminosa”, esclareceu à delegada.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions