Rondônia, sexta-feira, 22 de outubro de 2021
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Polícia

Publicado em Quarta, 06 de Fevereiro de 2013 - 09h06

BANDO TORTURA, ROUBA R$ 32 MIL DE EMPRESA, MAS ACABA PRESO; Fotos

RONDONIAGORA


BANDO TORTURA, ROUBA R$ 32 MIL DE EMPRESA, MAS ACABA PRESO; Fotos

Quatro homens foram presos no início da noite desta terça-feira em Porto Velho, acusados de envolvimento em assalto contra uma empresa de transporte coletivo. Eles agrediram vários funcionários, levaram quase R$ 32 mil, mas acabaram sendo perseguidos por viaturas da PM e agora estão no Presídio.

O crime foi cometido com a participação direta de um funcionário da empresa, Antônio Carlos Paixão, 22 anos, que passou a rotina dos pagamentos dos trabalhadores. Ele foi o primeiro a receber, informou a amigos que viajaria a Humaitá e avisou os comparsas de que o dia estava perfeito para o assalto.

Segundo a ocorrência policial, militares foram informados sobre o assalto, quando avistaram na BR-364, um Fiat Uno azul, de placas NCI-4949. Esse veículo era descrito como o carro que deu apoio o bando. O motorista, Luiz Rodrigues Souza foi parado, mas nada de anormal encontrado.

Nova informação chegou aos policiais, de que outro carro, um Pálio também teria sido utilizado. O veículo foi parado com três ocupantes e quando os policiais iniciaram revista, um dos suspeitos, Bruno Santiago do Nascimento conseguiu fugir. O outro acusado, Carlos Celso Nogueira reagiu sacou arma e tentou atirar, mas foi alvejado com um tiro na coxa. Ainda fugiu, mas acabou capturado em seguida. Bruno Santiago foi preso pulando muros de residências depois, após denuncias de populares. No Pálio, foi encontrado um notebook, R$ 1200 de propriedade de uma das vitimas e R$ 31.751 da empresa assaltada.

Confrontados pela PM, Bruno Santiago e Luiz Rodrigues negaram tudo. Já Antonio Carlos e Carlos Celso confessaram tudo. Bruno Santiago e o próprio Carlos Celso sabiam da data de pagamento e que não havia segurança no local. Antonio Carlos passou toda a rotina de pagamento e foi um dos primeiros a receber pagamento. Ao sair do local, ligou para Bruno Santiago informando que estava tranquilo e que poderiam assaltar a empresa. Afirmou que estava viajando a Humaitá para visitar parentes. Testemunhas informaram que Bruno Santiago e Carlos Celso agrediram várias pessoas com coronhada, socos e pontapés.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions