Rondônia, quinta-feira, 2 de dezembro de 2021
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Polícia

Publicado em Quinta, 25 de Novembro de 2021 - 07h50

Operação mira organização criminosa formada por servidores da Secretaria de Obras de Porto Velho

da Polícia Civil


Operação mira organização criminosa formada por servidores da Secretaria de Obras de Porto Velho

A Delegacia de Combate ao Crime Organizado (Draco 1) deflagrou na manhã desta quinta-feira (25), a fase ostensiva da “Operação Basalto”, para cumprir 20 medidas cautelares de busca e apreensão em casas de servidores públicos da capital e ainda na Secretaria Municipal de Obras (Semob) do Município. A operação conta com o apoio do Departamento de Estratégia e Inteligência da Polícia Civil, Departamento de Polícia Especializada e da Gerência de Administração e Finanças.

A ação é resultado da investigação para identificar integrantes de uma associação criminosa formada por servidores públicos lotados na Semob, que estavam comercializando insumos (cascalho, pedra brita, bota-fora), utilizados na correção e asfaltamento de vias urbanas, além de utilizarem as máquinas públicas para prestação de serviços a particulares, cobrando valores por essas atividades.

Foram identificadas algumas lojas de materiais de construção e diversos particulares que adquiriam esses insumos desviados e comercializados, bem como contratavam os “serviços” prestados pelos investigados, que também responderão pelos crimes praticados.

Durante as investigações foi constatado que os investigados recebiam os valores relativos à venda dos insumos por meio de pix e até mesmo por máquina de cartão, já que alguns servidores tinham equipamentos para essa forma de pagamento.

Nesta quinta-feira estão sendo realizadas buscas nas residências dos investigados e na Semob, visando recolher provas constantes do inquérito e identificar outros servidores que eventualmente façam parte do esquema criminoso, bem assim visa cessar a prática dos crimes.

A operação conta com o apoio de 77 policiais civis. Foram identificados um total de 19 investigados.

O nome da operação, Basalto, foi inspirado nas espécies e finalidades dos insumos que eram desviados e comercializados pelos investigados.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions