Rondônia, domingo, 26 de janeiro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Sexta, 29 de Julho de 2011 - 09h04

Absolvido comerciante que teria vendido bebidas alcoólicas nas eleições

TRE-RO


Waldir Moreira de Melo foi denunciado pelo Ministério Público Eleitoral, por descumprimento a instrução da Justiça que proibiu a venda de bebida alcoólica nas Eleições 2010.

Por volta das 12h45min do dia 3 de outubro de 2010, no Bar Palmeira, em Colorado do Oeste, Waldir teria sido flagrado praticando o ato, e segundo policiais que atenderam a ocorrência, havia grande aglomeração de pessoas no bar em razão da venda de bebidas. As pessoas que estavam consumindo álcool no bar de Walmir estão sendo processadas em processos separados.

O juízo da 8ª Zona Eleitoral de Colorado do Oeste julgou a ação procedente e condenou o réu (Walmir) pela prática do crime previsto no art. 347 do Código Eleitoral. ?Recusar alguém cumprimento ou obediência a diligências, ordens ou instruções da Justiça Eleitoral ou opor embaraços à sua execução?.

O juízo fixou a pena em 3 (três) meses e 15 (quinze) dias de detenção e 12 (doze) dias-multa em regime inicial semi-aberto e o valor unitário de cada dia-multa em 1/30 do salário mínimo da data do fato. A pena privativa de liberdade aplicada foi substituída por prestação de serviço à comunidade, pelo mesmo período da pena fixada.

O Recurso foi julgado durante sessão realizada nesta quinta-feira (28) e ficou sob a relatoria do Juiz Sidney Duarte Barbosa, que acatou a preliminar de inconstitucionalidade do art. 347 do C.E alegada pela defesa, porém ficou vencido neste ponto. A corte, por maioria, afastou a preliminar.

Analisando o mérito da matéria, o relator afirmou não vislumbrar dolo (vontade de fazer) na conduta do réu, pois embora Waldir fosse proprietário do bar, não ficou comprovado o seu consentimento na abertura do mesmo e na venda de bebidas.

Em seu voto, o Juiz Sidney Barbosa apresentou aos demais membros do TRE depoimentos constantes no processo que demonstraram ser a responsabilidade pela abertura do bar e pela venda das bebidas de um funcionário do estabelecimento e não do réu. (o funcionário está sendo processado em outra ação).

Ainda com base em depoimentos, o relator informou que no momento em que Waldir chegara ao bar as pessoas já estavam consumindo as bebidas e que Waldir esperou os clientes terminarem suas bebidas para fechar o estabelecimento.

Concluindo, o relator considerou que não houve recusa ao cumprimento da ordem emanada pela Justiça Eleitoral e, ante à ausência do dolo específico na conduta omissiva do réu votou pela procedência do recurso, absolvendo o senhor Waldir Moreira de Melo. O voto foi acompanhado à unanimidade pelos demais membros do tribunal.

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/politica/absolvido-comerciante-que-teria-vendido-bebidas-alcoolicas-nas-eleicoes)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions