Rondoniagora.com

Rondônia, 30 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Política

Airton Gurgacz destaca Dia Mundial de Conscientização da Violência à pessoa Idosa

Quarta-feira, 15 Junho de 2016 - 20:59 | Da Redacao


O deputado Airton Gurgacz (PDT) em seu pronunciamento na sessão desta quarta-feira (15), na Assembleia Legislativa, destacou o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra Pessoa Idosa.

A data, informou, foi instituída em 2006, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa, com o objetivo de criar uma consciência mundial, social e política da existência da violência contra a pessoa idosa, e, simultaneamente, disseminar a ideia de não aceitar tal atitude como normal.

Para o deputado, o propósito da data é a sensibilização para uma conscientização. “Não se combate ou luta com a violência em apenas um dia, o processo deve ser contínuo”, frisou Airton.

Segundo ele, não se trata de uma data comemorativa, mas sim, de um dia para chamar a atenção da população para o fato de que existem idosos provavelmente próximos a cada cidadão, sendo tratados com descaso e de forma sub-humana, violentadas, tanto por familiares quanto por instituições que deveriam protegê-las.

Como presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, Adolescente, Mulher e Idoso, Airton Gurgacz disse trabalhar junto aos demais parlamentares, por mais respeito, qualidade de vida, dignidade e esperança para as pessoas idosas.

O deputado pediu para que qualquer cidadão que tenha conhecimento de algum tipo de violência contra idosos que faça a denúncia. Segundo Gurgacz, “tudo o que somos hoje, devemos à experiência daqueles que já foram crianças, jovens e adultos e que hoje chamamos, carinhosamente de idosos”, ressaltou.

Nota de Falecimento

Airton Gurgacz lamentou o falecimento de Justo Nelson Araújo Escudero, de 73 anos, vítima de câncer, na manhã desta quarta-feira (15). Mais conhecido como professor Nelson Escudero, ele era formado em Pedagogia e Engenharia Elétrica, era professor da Universidade Federal de Rondônia (Unir) de Ji-Paraná.

O professor estava afastado nos últimos meses em decorrência da doença. Deixa a esposa, Inês Escudero e os filhos, Nelson, Sandra e Marcos Escudero.

“Deixo aqui registrado meus sinceros sentimentos a toda à família e amigos do professor Nelson Escudero que agora inicia uma nova jornada em outro plano espiritual, pois como acreditamos, a vida continua”, declarou Airton Gurgacz.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News