Rondoniagora.com

Rondônia, 30 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Política

ALE e Governo vão discutir ações para combater desmatamento

Segunda-feira, 17 Março de 2008 - 14:46 | ALE




O presidente da Assembléia lembrou que muitos produtores rurais não têm condições de pagar multas exorbitantes aplicadas pelo Ibama e Sedam. “O perdão dessas multas é a alternativa para evitar queda no setor produtivo e, consequentemente, o desemprego. O setor madeireiro é responsável por 18 % do Produto Interno Bruto (PIB) e a economia de Rondônia precisa continuar crescendo”.

De acordo com Neodi Carlos, a idéia é estabelecer a parceria da classe produtiva em ações conjuntas com Ibama, Incra e Sedam. “Ao mesmo tempo, vamos propor ao governo o perdão das multas aplicadas aos produtores durante a operação Arco de Fogo. Com isso, os produtores começam vida nova, ou seja, desmatamento zero”.

O presidente da Assembléia lembrou que muitos produtores rurais não têm condições de pagar multas exorbitantes aplicadas pelo Ibama e Sedam. “O perdão dessas multas é a alternativa para evitar queda no setor produtivo e, consequentemente, o desemprego. O setor madeireiro é responsável por 18 % do Produto Interno Bruto (PIB) e a economia de Rondônia precisa continuar crescendo”.

Uma outra proposta que será encaminhada ao Governo é reverter o valor da multa aplicada em um fundo reservado exclusivamente para aquisição de viaturas para usar na fiscalização do meio ambiente. “O dinheiro também vai facilitar a contratação de pessoal, uma deficiência constatada nos órgãos de fiscalização”, disse o parlamentar, ao reconhecer que muitos produtores cometeram crime ambiental por falta de uma orientação dos órgãos de fiscalização.

Deflagrada pelo Governo Federal, a Operação Arco de Fogo começou na cidade de Tailândia, no Pará, onde os fiscais aplicaram, desde o dia 26 de fevereiro, mais de R$ 5 milhões em multas contra madeireiras que detinham em seus pátios toras retiradas ilegalmente da floresta e carvoarias que funcionavam sem autorização. Em seguida, a operação se concentrou nos municípios de Machadinho e Cujubim.
No último dia 2, o Governo do Estado, por meio do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPA), numa operação conjunta com a SEDAM e a Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (DECCMA), apreendeu 2.632.954 metros cúbicos de madeira, na região de Machadinho D´Oeste, durante uma fiscalização.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News