Rondônia, quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Quarta, 06 de Agosto de 2014 - 18h55

Amir cobra recuperação das rodovias e denuncia o descaso do governo federal diante da situação de Guajará-mirim

Assessoria


Preocupado com as péssimas condições das rodovias BR-364, no trecho entre Porto Velho a Guajará-mirim, e a BR-425, que liga o Estado até o município de Guajará-mirim, o deputado Amir Lando (PMDB-RO) subiu à tribuna da Câmara Federal para cobrar do Governo a reconstrução das rodovias, que segundo ele se encontram em estado lastimável e de calamidade. “É o verdadeiro caminho do inferno. A enchente destruiu tudo e até agora nem o Ministério dos Transportes e nem as empresas, responsáveis pelo desastre ecológico da cheia do Rio Madeira, começaram a recuperar os trechos destruídos. Quero fazer um apelo ao diretor-geral do DNIT e ao ministro para que olhe para Rondônia e veja o sofrimento do nosso povo”, disse.Sobre a situação específica de Guajará-mirim, Amir Lando lembrou que o município era um dos principais polos de atração turística do Estado e que sua economia está completamente arrasada, devido às condições precárias e de calamidade no município. “Nossa Guajará-mirim, fundada às margens do Rio Mamoré e marco final da estrada de ferro Madeira-Mamoré, hoje está numa situação de desespero. Era uma cidade que tinha um enorme aporte no turismo, mas que agora ninguém consegue mais chegar até ela, está desaparecendo do mapa”, lembrou.
Ainda no pronunciamento, Amir Lando voltou a culpar as usinas de Jirau e Santo Antônio. “Em média são 120 km de destruição e calamidade. Ninguém passa, ninguém transita. É algo absurdo! Não é possível que não se apure as responsabilidades. As empresas que construíram as usinas alargaram as estradas, mas foram perversos com o leito. As águas subiram dois, três metros de altura e a corrente destruiu o asfalto”, descreveu.
No final do seu discurso, o Deputado Federal Amir Lando narrou à nova realidade dos moradores atingidos pela cheia. “As pastagens, os roçados, as moradias e os danos causados a milhares de pessoas — tudo foi por água abaixo. Por isso, quero deixar o meu protesto contra o descaso e o absoluto abandono que se encontra essas pessoas e também as rodovias federais perante o governo”, finalizou.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions