Rondônia, domingo, 25 de fevereiro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Segunda, 21 de Junho de 2010 - 18h35

Apoio do PDT ao PMDB pode ser visto como traição ao PT

RONDONIAGORA


Aliados históricos em várias disputas eleitorais em Rondônia, o Partido dos Trabalhadores PT) e o Partido Democrático Trabalhista (PDT) podem trilhar caminhos diferentes nas eleições deste ano. Na sexta-feira, dia 18/06, diversos jornais eletrônicos publicaram declarações atribuídas ao senador Acir Gurgacz de que o PDT deixará de lançar candidatura própria ao governo do Estado e se aliará ao PMDB, inclusive com direito a indicar o candidato a vice-governador na chapa de Confúcio Moura.A notícia surpreendeu a militância petista e os dirigentes do Partido dos Trabalhadores que até aquela data dialogava com o PDT visando à formação de uma aliança.

Os dirigentes do PT não comentaram a notícia, mas observadores políticos alheios ao partido consideraram a decisão pedetista uma traição, já que em 2002 o PT abriu mão de indicar o candidato a governador para apoiar Acir Gurgacz. O apoio do PT a Gurgacz se repetiu em 2006, quando o partido de Eduardo Valverde e Fátima Cleide o apoiou na disputa pela vaga de Rondônia no Senado.

Além das disputas de 2002 e 2006, o PT sempre apoiou o PDT em outras ações políticas. Tanto é verdade que o próprio senador Acir Gurgacz declarou mais de uma vez que pediria votos para a reeleição de Fátima Cleide nas eleições de outubro.

Devido a esses fatos, o mais lógico seria uma coligação entre os dois partidos tendo o PDT o direito de indicar o candidato a vice-governador na chapa de Eduardo Valverde.

Acir Gurgacz também teria declarado que a sua candidatura a governador pelo PDT era irreversível e que só aceitaria coligação com outro partido que indicasse o candidato a vice-governador. Por isso deixou de retribuir o apoio que teve do PT e não formalizou coligação com o partido de Lula.

No entanto, voltou atrás e retirou a candidatura própria, criando a oportunidade de caminhar ao lado dos petistas as eleições deste ano. Para surpresa de todos, poderá indicar o candidato a vice-governador na chapa do PMDB.

O PT se limitou a informar que continua dialogando com os partidos da base aliada do governo Lula para formar uma aliança e disputar as eleições deste ano. O partido dos trabalhadores ainda não confirmou quem será o candidato a vice-governador nem decidiu se vai lançar mais um candidato ao Senado. Sabe-se apenas que o deputado Federal Eduardo Valverde vai mesmo ser homologado como candidato a governador e a senadora Fátima Cleide vai disputar a reeleição ao Senado.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions