Rondoniagora.com

Rondônia, 25 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Política

BUROCRACIA EMPERRA OBRAS NA 429 E COLOCA 150 MIL EM PERIGO DE ISOLAMENTO

Segunda-feira, 17 Março de 2008 - 12:46 | RONDONIAGORA.COM


BUROCRACIA EMPERRA OBRAS NA 429 E COLOCA 150 MIL EM PERIGO DE ISOLAMENTO
Um número aproximado de 150 mil pessoas está vivendo praticamente no isolamento por causa das questões burocráticas que envolvem há anos as obras de asfaltamento da BR-429, que atende os municípios de Alvorada do Oeste, São Felipe, São Miguel, Seringueiras e Costa Marques. No período de chuvas, a situação piora. Um trecho de 15 quilômetros é feito em até 1 hora em razão dos atoleiros. Houve até perigo de desabastecimento neste inverno, atestam moradores de Alvorada do Oeste e São Francisco.
Ponte abandonada

Uma ponte sobre o Rio Muqui feita em concreto pode se perder com a ação do tempo em razão do abandono. Enquanto o asfalto não chega, a estrutura fica no meio do mato, aguardando o término. No mesmo projeto de pavimentação dos 17 quilômetros que faltam para interligar Alvorada ao asfalto, foram alocadas recursos para o aterro de 200 metros da ponte. “Caso não haja liberação corremos o risco de perder até o que já foi feito”, disse o prefeito Laerte Gomes.
Bancada tem dado apoio
O prefeito de Alvorada, Laerte Gomes (PR), passou a semana passada em Brasília realizando reuniões, levantando documentos para liberar a obra. A idéia do prefeito foi aceita e o DNIT deve assumir essa parte fiscalizatória, liberando o projeto. O segundo processo refere-se a 40 quilômetros de asfalto a partir de Alvorada. Ao todo são R$ 55 milhões, mas novamente a obra esbarrou em problemas ambientais, o que torna a vida da população ainda mais difícil.
Ponte abandonada

Uma ponte sobre o Rio Muqui feita em concreto pode se perder com a ação do tempo em razão do abandono. Enquanto o asfalto não chega, a estrutura fica no meio do mato, aguardando o término. No mesmo projeto de pavimentação dos 17 quilômetros que faltam para interligar Alvorada ao asfalto, foram alocadas recursos para o aterro de 200 metros da ponte. “Caso não haja liberação corremos o risco de perder até o que já foi feito”, disse o prefeito Laerte Gomes.
Bancada tem dado apoio
O prefeito de Alvorada também elogia o empenho dos senadores Expedito Junior (PR-RO), Valdir Raupp (PMDB-RO) e Fátima Cleide (PT-RO), e dos deputados federais pelo empenho para ajudar o asfaltamento da BR-429, além da cidade de Alvorada.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News