Rondônia, 08 de Dezembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Política

Cahulla vistoria obras de asfaltamento do distrito industrial de Porto Velho

Terça-feira, 24 Novembro de 2009 - 17:07 | Decom


Como sempre tem feito, acompanhando o andamento das obras e ações do Estado, o vice-governador João Cahulla vistoriou na tarde desta terça-feira as obras de asfaltamento da via principal de acesso ao distrito industrial de Porto Velho, acompanhado do diretor geral de Departamento de Estradas de Rodagens (DER), Jacques Albagli, e do secretário estadual de Desenvolvimento Econômico e Social (SEDES), Marco Antonio Petisco. O distrito da capital foi idealizado pelo Governo para abrigar empresas de grande porte, gerando emprego e renda para a população.


O diretor geral do DER informou que dos 1.800 metros que serão asfaltados, restam apenas 400 metros para receberem a camada asfáltica. “As máquinas realizam o trabalho de terraplanagem, sub-base e base no local, ainda este ano todos os 1.800 metros serão concluídos”, disse Albagli, acrescentando que o DER reabriu 14 ruas, realizando o serviço de limpeza, terraplanagem, sub-base e base, além do trabalho de drenagem (tubulação) e topografia.

O diretor geral do DER informou que dos 1.800 metros que serão asfaltados, restam apenas 400 metros para receberem a camada asfáltica. “As máquinas realizam o trabalho de terraplanagem, sub-base e base no local, ainda este ano todos os 1.800 metros serão concluídos”, disse Albagli, acrescentando que o DER reabriu 14 ruas, realizando o serviço de limpeza, terraplanagem, sub-base e base, além do trabalho de drenagem (tubulação) e topografia.

Além do asfalto, executado em parceria com a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), o Departamento de Obras e Serviços Públicos (Deosp), do Governo do Estado, também trabalha no local executando a rede de distribuição de energia elétrica alta e baixa tensão e iluminação pública e na rede de abastecimento de água.

Empresas instaladas geram 300 empregos diretos – Hoje, são 17 empresas já instaladas no distrito, gerando aproximadamente 300 empregos diretos, nos mais variados ramos industriais, desde curtume à fabricação de telhas de cimento, usina de biodiesel, entre outros. “Pelo menos outras 20 empresas estão em fase de instalação, com o projeto já aprovado pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico do Estado de Rondônia (Conder), gerando pelo menos mais 200 empregos diretos”, completou Petisco.

O Distrito Industrial da capital, que distribui-se por uma área de 3,5 milhões de metros quadrados na saída para Cuiabá, divididas em 17 ruas, 23 quadras e uma reserva verde de 485,6 mil metros quadrados, está recebendo extensas obras de drenagem e pavimentação asfáltica, que vão beneficiar sua principal via de circulação interna.

Além dos 4,5 km de rede elétrica de alta tensão e dos 3,9 km de rede de iluminação (baixa tensão), já em operação, a partir de uma subestação rebaixadora de 10 kVA, está sendo implantada malha subterânea de distribuição de água para uso industrial com 1.700 metros de extensão. Ela será abastecida por um poço artesiano com 100 metros de profundidade, cujo sistema de bombeamento é capaz de enviar para um reservatório suspenso de 30.000 litros um fluxo de até 15.000 litros de água por hora.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também