Rondônia, quarta-feira, 15 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Sexta, 11 de Fevereiro de 2011 - 10h36

CONFÚCIO SE DIZ INDIGNADO POR TER NOMEADO ACUSADO DE PEDOFILIA, MAS NÃO EXPLICA SE EX-ALIADO TERIA PASSADO PELO AVAL DO MP

RONDONIAGORA


CONFÚCIO SE DIZ INDIGNADO POR TER NOMEADO ACUSADO DE PEDOFILIA, MAS NÃO EXPLICA SE EX-ALIADO TERIA PASSADO PELO AVAL DO MP

O governador Confúcio Moura (PMDB) determinou a exoneração do ex-diretor da Caerd, Armando Nogueira Leite, informou o presidente da estatal, Castelo Branco. Confúcio se disse indignado com as acusações de pedofilia que levaram a Justiça a determinar a prisão do ex-aliado. O governador, de acordo com Castelo Branco desconhecia os fatos, o que comprova mais uma vez que não eram verdadeiras as afirmações do próprio Confúcio de que os indicados para cargos altos na estrutura administrativa estadual passavam pelo crivo do Ministério Público de Rondônia, que poderia vetar esses nomes. Essa situação mereceu intervenção do governador, explicando em dezembro que poderia aproveitar pessoas acusadas, referindo-se, no entanto a aliados de primeiro escalão, como o adjunto da Saúde José Batista, ou a secretária de administração, Vera Lúcia Paixão.

O que se comprovou com a nomeação de Armando Nogueira Leite é que não passavam de discursos vazios e sem compromissos o que Confúcio prometia a população antes de assumir o Governo. Em sua primeira entrevista como governador eleito, em 1º de novembro do ano passado, foi bastante elogiado ao garantir que somente pessoas com ficha limpa seriam nomeadas. Veja a nota divulgada pelo Governo:

O Presidente da Companhia de Água e Esgotos de Rondônia, Castelo Branco,  comunica que o  Governador do Estado de Rondônia, Confúcio Moura, determinou a imediata exoneração de Armando Nogueira Leite, ex-Diretor Técnico da companhia, que teve sua prisão preventiva decretada na manhã desta quinta-feira, 10 de fevereiro do corrente ano. O Governador,  em ato contínuo, nomeou a engenheira da CAERD Márcia Luna, funcionária de carreira da companhia há 21 anos.

Esclarece ainda que as acusações que pairam em desfavor do ex-Diretor não são pertinentes as atividades da companhia, fatos esses,  desconhecidos tanto pelo Governador, como também pelo presidente da Caerd.

Finalmente, o governador manifestou sua indignação com o ocorrido e fundamentou que a sua decisão foi pautada no seu compromisso em defesa dos princípios éticos no comando do Executivo Estadual.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions