Rondônia, segunda-feira, 20 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Quarta, 22 de Julho de 2015 - 08h18

CPI decide atender pedido de depoente e fecha as portas para povo e imprensa

RONDONIAGORA com assessoria da Câmara


A Comissão Parlamentar de Investigação (CPI) que apura denúncias de irregularidades na contratação dos shows da Banda Cidade Negra e do cantor Alceu Valença promovidos pela prefeitura através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema) e a FUNCULTURAL, realizou uma reunião na manhã desta terça-feira 21/07 para reorganizar a agenda de oitivas e dar prosseguimento a outras ações inerentes à comissão.
Durante a reunião o presidente da CPI, Wildes de Brito, o relator Everaldo Fogaça, os vereadores Edmilson Lemos, Fatinha Ferreira (PT), Eduardo Rodrigues (PV), Alan Queiroz (PSDB) Claudio da Padaria, Jair Montes (PTC) e Edwilson Negreiros deliberaram uma nova agenda de oitivas para esta semana que ficou definida assim:

Quarta: 22/07 às 10 horas – Glaucia Lamego, proprietária da BECO Produções e Eventos – responsável pela contratação do show da Banda Cidade Negra
Quinta: 23/07 às 9 horas – Procurador Geral do Município – Mirton Morais
Às 10 horas – Eudes Fonseca – Auditor da Controladoria Geral do Município
Às 11 horas – Queila Israel – Diretora do Departamento Administrativo e Financeiro da FUNCULTURAL
Sexta: 24/07 às 9 horas – Ricardo Moreira Mendes – Sócio da RGR Produções e Eventos – Empresa que foi terceirizada para contratação da iluminação, palco e som para a realização do show.

Depoimento a portas fechadas

Glaucia Lamego será ouvida sem a presença do público e da Imprensa e a oitiva ocorrerá na sala das comissões da Câmara. Segundo o presidente da CPI, Wildes de Brito, a empresária havia se negado a prestar depoimento no plenário da Casa na semana passada. “Representada pelo seu advogado, a Senhora Glaucia alegou direitos constitucionais como o direito da preservação da imagem. O pedido foi deferido por esta comissão. O depoimento dela é muito importante e temos muitas perguntas que precisam de respostas. Esta comissão tem prazos a serem cumpridos”, disse Wildes.

O vereador Alan Queiroz (PSDB), solicitou à Comissão a inclusão da investigação também no show da virada que teve a apresentação da banda Calypso. “O prefeito foi levado coercitivamente à Policia Federal durante a Operação Murídeos para esclarecer sobre este show. Sugiro que esta CPI não encerre sem investigar mais este show. A meu ver tem muita coisa que está interligada à esta questão. Não podemos fechar os olhos. A CPI tem prerrogativas para isso. Mesmo acontecendo antes dos dois shows os fatos se interligam”, justificou Alan.

O vereador Eduardo Rodrigues foi contra e alegou que a inclusão de mais um show nas investigações poderiam atrapalhar. “Vai misturar. Temos que analisar primeiro e se houver alguma ligação aí sim, iremos investigar”, opinou Eduardo.

A comissão então decidiu solicitar a cópia autentica do processo de contratação do show da banda Calypso. “Essas mesmas irregularidades podem ter acontecido no show do Calypso. Viram que era bom e quiseram repetir no segundo”, sustentou Alan.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions