Rondônia, sexta-feira, 17 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Terça, 13 de Outubro de 2015 - 20h48

Direção do complexo hospitalar de Cacoal criticada por deputados

ALE


A utilização da estrutura do complexo hospitalar de Cacoal para supostas ações de pré-campanha eleitoral, provocando desta forma a prática de desvio de atribuições, acarretando sérios prejuízos no atendimento dos casos de média e alta complexidade, polarizou os debates hoje (13), durante sessão plenária da Assembleia Legislativa. O assunto foi enfocado durante pronunciamento do deputado Cleiton Roque (PSB), ao destacar que as cobranças e críticas são constantes.
Com relação aos problemas que ocorrem em Cacoal na área de saúde, o deputado Cleiton Roque informou que a direção do complexo, que envolve o Hospital Regional e o pronto socorro, contrariando todas as normas, resolveu investir prioritariamente no atendimento de baixa complexidade, que é de competência do município.
Essa decisão, segundo Cleiton Roque acabou por comprometer de forma drástica o atendimento de média e alta complexidade. Segundo ele, faltam medicamentos, equipamentos e até mesmo um simples esparadrapo. Mas a situação ganha contornos de gravidade, pois pacientes que precisa de atendimento de urgência estão sendo dispensados por falta de equipamentos.
Na sequência, o deputado citou como exemplo, um caso recentemente de um paciente idoso que enfartou, e precisa fazer cateterismo, e por falta de condições foi liberado, no entanto, a situação se agravou e dias após voltou a ter novo enfarto, e por falta de condições de atendimento no complexo a família teve que retirar o mesmo às pressas para outro estado.

Reação

A reação dos parlamentares foi imediata, gerando um amplo debate sobre o assunto. O deputado Adelino Follador (DEM), destacou ser uma decisão temerária que vem acontecendo, pois o Estado, deve primeiramente assumir suas responsabilidades.
Em aparte, o presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho (PP), disse que as pessoas estão deixando de ser atendidas no Regional. “O hospital atende toda a região, que fica desguarnecida em nome de uma suposta pré-candidatura a prefeito. Destinar médicos, enfermeiros e outros profissionais para fazer um mutirão em saúde, em nome de um projeto político de alguém, não podemos aceitar”, desabafou.
Maurão anunciou que vai conversar pessoalmente com o governador Confúcio Moura (PMDB), para levar a denúncia. “Quero alertar ainda ao secretário estadual de Saúde, Williames Pimentel sobre a situação, para que tome providências. Quer fazer campanha, deixe o cargo e vá cuidar de política, mas não ficar usando a estrutura para se promover”, acrescentou.
O deputado Hermínio Coelho (PSD) condenou a politicagem que está sendo praticada, com uma pré-campanha eleitoral sendo feita de forma escancarada, utilizando-se da estrutura, equipamentos e até de profissionais, daí as reclamações da falta de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, Anunciou sua disposição de encaminhar denúncia neste sentido ao Ministério Público Estadual.
Na sequência a deputada Lúcia Tereza (PP) ponderou que tendo em vista que este programa municipal de ação preventiva é desenvolvido por um órgão regional, então que se realize também nos demais municípios englobados por esta região. Ela destacou os esforços do governador Confúcio Moura (PMDB) em garantir um atendimento de qualidade a população.
A deputada Glaucione Rodrigues (PSDC) também fez aparte ao pronunciamento do deputado Cleiton Roque, e alertou para a gravidade da situação. Segundo ela, a direção do complexo está confundindo as atribuições, e esta inversão de papéis está provocando um prejuízo tremendo a população. Segundo relatos, uma pessoa enfartada foi levada ao pronto socorro e por falta de condições de atendimento, só restou esperar morrer. A deputada destacou a necessidade de o complexo investir de forma eficiente no atendimento de média e alta complexidade.
O deputado Jesuíno Boabaid (PTdoB) disse ser preciso apurar todos estes fatos e que já adotará algumas medidas na Comissão de Saúde da Assembleia. Ao final, o deputado José Lebrão (PTN) disse que lamentavelmente se observa que nem a baixa complexidade vem sendo feita de forma satisfatória.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions