Rondoniagora.com

Rondônia, 03 de Outubro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Política

EM REUNIÃO COM CONFÚCIO, ESPOSAS DE PMS CONDENAM RADICALIZAÇÃO DO MOVIMENTO

Segunda-feira, 12 Dezembro de 2011 - 18:02 | Decom


EM REUNIÃO COM CONFÚCIO, ESPOSAS DE PMS CONDENAM RADICALIZAÇÃO DO MOVIMENTO
Em mais uma demonstração de apreço pela negociação e espírito democrático, o governador Confúcio Moura recebeu na tarde desta sexta-feira (12), na sede da OAB, cerca de 20 esposas de policiais militares, todas representantes de associações do interior e capital.
Participaram representantes da Aspra, Crapomji (Centro Recreativo e Assistencial dos Policiais e Bombeiros Militares de Ji-Paraná e região) e outras dos municípios de Ouro Preto, Vilhena, Colorado do Oeste e Presidente Médici, entre outras.

Participaram representantes da Aspra, Crapomji (Centro Recreativo e Assistencial dos Policiais e Bombeiros Militares de Ji-Paraná e região) e outras dos municípios de Ouro Preto, Vilhena, Colorado do Oeste e Presidente Médici, entre outras.

"É importante que todos tenham em mãos os números antes de negociar. As esposas terão, a partir de agora, acesso ao orçamento da segurança pública. Eu hoje sou até mais oposição a este governo, mas reconheço seu espírito democrático e sua disposição em negociar. É impossível repor as perdas de oito anos, numa época em que prevalecia o chicote, em apenas um ano de governo", avaliou o presidente da Assembléia Legislativa, Hermínio Coelho, que participou da reunião.
Ao final da reunião foi aceita a proposta do governo de três reajustes de 4,2% até janeiro de 2013, sem prejuízo do aumento que será concedido a todo o funcionalismo em abril de 2012.

O governador Confúcio Moura disse que reconhece as perdas salariais da categoria nos últimos anos, “mas este é o aumento possível, que não compromete a saúde fiscal do estado”. Disse ainda que é fundamental o pagamento do funcionalismo em dia,e que “poderia ser comprometido com aumento além do proposto”.

O governador se dispôs a negociar novamente no ano que vem, a partir do início dos trabalhos da comissão da transposição. E disse estar sempre aberto à negociação direta com a categoria.

Até o final da tarde todos os quartéis do interior já estavam abertos e funcionando normalmente. A tendência, na avaliação da Secretaria da Segurança, é de que os da capital também sejam reabertos e as atividades voltem à normalidade.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News