Rondônia, segunda-feira, 20 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Segunda, 26 de Agosto de 2013 - 19h26

Empresários questionam prisão do vereador Marcelo Reis e pontos da Operação Apocalipse

RONDONIAGORA/Câmara


Depois da libertação de dois empresários, citados no inquérito da Operação Apocalipse como colaboradores dos esquemas de fraude nos cartões de crédito, empresários e apoiadores do vereador Marcelo Reis, preso desde o dia 4 de julho, foram à Câmara exigir uma mobilização para discutir ponto a ponto da ação e investigação policial. O questionamento é porque outros citados no inquérito foram soltos e o vereador continua preso sob “suposições” e não provas concretas sobre sua participação na operação.

O movimento quer também a abertura de espaço na mídia para que haja uma discussão mais aprofundada sobre alguns pontos da prisão que continuam sendo ignorados pela grande imprensa. As lideranças que fizeram o protesto são todos eleitores de Marcelo Reis e disseram que estão sendo cobrados diariamente principalmente sobre as supostas provas que estão incriminando o vereador.
Eles lembraram que vários acusados que foram presos durante a Operação Apocalipse com provas documentais já receberam salvo conduto, enquanto Marcelo Reis continua preso à base de “suposições”.

O grupo se refere à soltura dos empresários conhecidos por Cavalo e Thales que foram presos acusados de darem suporte ao esquema “emprestando” suas máquinas de cartões de crédito para a realização de ilícitos.

JULGAMENTO

Uma situação polêmica relatada pelos empresários aconteceu no último julgamento de habeas corpus do vereador Marcelo Reis. Na mesma sessão da Câmara Criminal, os desembargadores negaram o recurso do empresário Thales (Thales Veículos) e dos vereadores Marcelo Reis e Eduardo Rodrigues.

Em seguida, o julgamento do empresário conhecido por Cavalo (Cavalo Materiais para Construção) acabou sendo deferido. Os advogados do empresário Thales protestaram e conseguiram soltá-lo após uma reunião ás portas fechadas por mais de três horas.
Thales foi solto porque estava na mesma situação que o colega “Cavalo”, mas a mesma medida não foi estendida aos vereadores. Esse está sendo o motivo das desconfianças.

A Justiça teria dado tratamento diferenciado aos empresários. Fora isso, há outras situações familiares do vereador que tem passado por momentos difíceis por causa das divulgações equivocadas da mídia sobre o assunto.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions