Rondoniagora.com

Rondônia, 27 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Política

Maioria dos eleitores do Acre decidiu não referendar mudança no fuso horário

Segunda-feira, 01 Novembro de 2010 - 16:25 | RONDONIAGORA


Com 100% das urnas apuradas no estado do Acre, o resultado do referendo mostrou que mais da metade dos eleitores decidiu não referendar a mudança no fuso horário.

Os eleitores participaram do referendo que ocorreu no mesmo dia do segundo turno das Eleições 2010 e tiveram de responder a seguinte questão: "Você é a favor da recente alteração do horário legal promovida no seu estado?"

Ao todo, 56,87% dos eleitores escolheram a opção NÃO, o que corresponde a 184.478 votos. Já a opção SIM recebeu 43,13%, equivalente a 139.891 votos. Foram registrados ainda 0,37% de votos brancos (1.241 votos); 3,07% de votos nulos (10.311 votos); e uma abstenção de 28,61%.

Decreto

O referendo foi proposto por um Decreto Legislativo do Senado Federal com o objetivo de consultar a população do estado sobre a alteração no fuso horário local estabelecido pela Lei 11.662/2008.

Com a mudança prevista nessa lei, o Acre passou a ter menos quatro horas a partir do fuso horário de Greenwich. A partir de Brasília, o estado que tinha duas horas a menos passou a ter apenas uma hora a menos. Com a vitória do NÃO, a lei deverá ser revogada e o horário voltará a ser como antes: duas horas a menos que Brasília.

Eleitorado

O Acre é um dos sete estados da região Norte do Brasil e possui 470.975 eleitores. É formado por 22 municípios que se dividem em 10 zonas eleitorais; 702 locais de votação e 1.589 seções eleitorais.

A proposta de alteração no fuso horário que resultou na Lei 11.662/2008 foi apresentada pelo senador Tião Viana (PT-AC), eleito no primeiro turno das Eleições 2010 para governar o Acre. Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News