Rondônia, terça-feira, 16 de outubro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Quinta, 29 de Abril de 2010 - 23h16

Miguel Sena: Assembléia Legislativa vai manter mandato até último recurso

Assessoria


O entendimento formal da mesa diretora da Assembléia Legislativa de Rondônia, quanto ao julgamento do Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia – TRE, que determinou a cassação do mandato do deputado Miguel Sena (PSDB) por infidelidade partidária, nesta quinta-feira (29 de abril) é fazer cumprir o que assegura dispositivo da Constituição Estadual, quanto à cassação de mandato de parlamentar.

Pelo dispositivo constitucional, somente o Poder Legislativo decide quanto ao afastamento ou cassação de seus integrantes. Neste caso, cabe a mesa diretora da ALE, de ofício, ou mediante provocação de qualquer de seus membros, ou de partido político representado na Assembléia Legislativa, se manifestar sobre o processo, assegurando, no entanto, ampla defesa, após o trânsito e julgado do processo judicial.

O dispositivo constitucional não chegou a ser aplicado anteriormente pela mesa diretora da ALE, tendo em vista, o julgamento favorável por parte do TRE, aos processos de infidelidade partidária, movidos contra os deputados Euclides Maciel (deixou o PSL e se filiou ao PSDB), e Tiziu Jidalias (deixou o PMDB e se filiou ao PP).

Para o deputado Miguel Sena, a decisão do TRE ainda precisa ser publicada no Diário Oficial e a Assembléia Legislativa notificada formalmente, mas na prática não vai implicar no seu afastamento imediato, até porque, complementou, o órgão competente para decidir se uma lei é inconstitucional ou não é o Supremo Tribunal Federal e não a Corte Eleitoral local.

Destacou o deputado Miguel Sena que enquanto o STF não der uma posição final sobre este artigo da Constituição de Rondônia disciplinando a perda de mandato parlamentar, (se a matéria é constitucional ou inconstitucional) o mesmo se encontra em pleno vigor.

No entanto, ressaltou o parlamentar de sua disposição de recorrer desta decisão, inclusive numa segunda fase junto ao Tribunal Superior Eleitoral. Quanto à decisão do TRE que toma agora uma decisão bastante diferenciada dos julgamentos anteriores para casos semelhantes, Miguel Sena destacou que já aguardava estes acontecimentos, diante de sua postura crítica e vigilante para todos os poderes no exercício de seu mandato. “Estou tranqüilo e vou recorrer para buscar justiça”, diz o deputado.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions