Rondoniagora.com

Rondônia, 24 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Política

PARA NEODI, MARINA SILVA DISCRIMINA RONDÔNIA E ESQUECE CRIMES COMETIDOS NO ACRE

Quinta-feira, 21 Fevereiro de 2008 - 16:23 | RONDONIAGORA.COM


PARA NEODI, MARINA SILVA DISCRIMINA RONDÔNIA E ESQUECE CRIMES COMETIDOS NO ACRE
Em entrevista nesta quinta feira ao jornalista Maurício Calixto, no Programa “A Hora do Povo”, na Rádio Rondônia em Porto Velho, o presidente da Assembléia Legislativa, Neodi Carlos (PSDC-Machadinho) disse que há perseguição clara por parte da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, contra o Estado e sua população. Neodi questiona o fato de que no Acre, Estado da ministra, tudo está às mil maravilhas. “Os satélites do IBAMA não detectam nada no Acre, agora aqui é a terra do abuso para eles”. De acordo com Neodi se não houvesse o interesse nacional na construção das Usinas do Madeira, a ministra teria conseguido embargar o projeto desde seu início, “mas se fosse lá, com certeza não haveria nenhum questionamento”. Neodi apresentou relatos de perseguição de servidores do IBAMA contra moradores de sua região, como por exemplo, multa a uma senhora de 75 anos que teve sua terra incendiada, mas que levou a culpa e multa de R$ 50 mil. Outro caso citado foi de um agricultor, que depois de preso, foi humilhado sendo chamado de marginal pelo simples fato de portar um celular. Os agentes do IBAMA teriam afirmado que agricultor não usa celular. “E o pobre homem aos choros, tentava explicar que estava indo para a cidade e precisaria se comunicar com a família sem ter que enfrentar filas na telefônica local”.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News