Rondoniagora.com

Rondônia, 24 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Política

PSDB CONVOCA COMISSÃO DE ÉTICA PARA ANALISAR “CASO MAURINHO”

Quinta-feira, 10 Abril de 2008 - 13:38 | RONDONIAGORA.COM


Em entrevista agora cedo ao site o RONDONIENSE, a executiva municipal do PSDB anunciou o acionamento da Comissão de Ética da legenda para investigar a conduta do deputado estadual Mauro Rodrigues (PSDB-Porto Velho), denunciado no Ministério Público e na Assembléia Legislativa de Rondônia por usar os salários dos assessores (contratados com a cota parlamentar prevista em lei) para pagamento de contas pessoais e investimentos em imóveis.
“O PSDB não pode ter um deputado que denigra a imagem do partido, não tomamos decisões por impulso; vamos até o fim com as denúncias”, disse o presidente do PSDB de Porto Velho, Lindomar Carreiro.
Ao final das investigações, caso comprovadas as denúncias, Maurinho corre o sério risco de ser expulso do PSDB. Para o secretário-geral do partido, João Coelho, quando o parlamentar fere o estatuto da legenda não tem o direito de continuar na sigla. Ainda pesa sobre o parlamentar o voto contrário aos interesses do PSDB. Um exemplo é a classe dos professores, cuja posição do tucano na Assembléia foi completamente contrária. “Trabalhamos em favor da luta dos professores e o deputado desobedeceu e votou contra a classe, também lutamos pelos pescadores, em seguida o deputado foi contra o setor que gerou dezenas de desemprego”, arrematou João Coelho.

Um dia da caça...

O deputado Mauro Rodrigues passa a viver um inferno astral a partir de agora. Ele conseguiu irritar a cúpula do PSDB de Rondônia, chegando a se juntar com aliados do Palácio Presidente Vargas para tomar a legenda das mãos do ex-deputado Hamilton Casara. Ele acusou Hamilton e outros membros do tucanato rondoniense de querer suas assessorias, caso nunca comprovado pelo parlamentar. Na realidade, Mauro Rodrigues queria mesmo a direção do partido; como não conseguiu partiu para a frente de oposição a executiva do PSDB no Estado. Agora, acusado de corrupção ao se apoderar de salários dos assessores, nem o partido vai dar apoio as suas ações. Corre o sério risco de perder o mandato e ficar sem partido.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News