Rondônia, domingo, 25 de fevereiro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Quarta, 01 de Abril de 2009 - 16h55

PSDB TENTA ENGANAR OPINIÃO PÚBLICA, MAS DOCUMENTOS COMPROVAM FRAUDE TRABALHISTA, MÁ GESTÃO, DESPEJO E AMEAÇAS CONTRA PARLAMENTARES

RONDONIAGORA.COM


PSDB TENTA ENGANAR OPINIÃO PÚBLICA, MAS DOCUMENTOS COMPROVAM FRAUDE TRABALHISTA, MÁ GESTÃO, DESPEJO E AMEAÇAS CONTRA PARLAMENTARES
Bem diferente da Nota de Esclarecimento, divulgada na edição do último sábado no jornal Diário da Amazônia, o PSDB de Rondônia vai enfrentar sérias ações no Poder Judiciário por causa de fraude trabalhista, dívidas de pelo menos R$ 200 mil com fornecedores e empregados, contraídas durante a má gestão financeira do ex-deputado Hamilton Casara, presidente regional da legenda, e seu irmão, Astrobaldo Casara. Não será necessário o advogado Pedro Wanderlei impetrar representação criminal contra a direção do RONDONIAGORA, como diz no item 9 da citada nota. Documentos obtidos pela redação comprovam o crime trabalhista cometido pelos tucanos contra as senhoras Nedite Rebouças de Siqueira e Leda dos Santos de Oliveira. As duas foram enganadas pelo irmão de Casara. Elas foram persuadidas a assinar recibos de pagamento, rescisão contratual com a promessa do depósito dos salários – atrasados desde julho de 2008 – pela nacional, quando na realidade tudo não passou de um golpe, do próprio dirigente tucano para se livrar das constantes cobranças. Tudo foi relatado na Ata de Reunião do PSDB realizada no dia 12 de fevereiro no Hotel Aquarius e também em uma carta encaminhada ao Diretório Regional. “... Estamos desesperadas, temos de comprar medicamentos, alimentação...”, clamaram Nedite Rebouças e Leda dos Santos, ironicamente fundadoras do PSDB em Rondônia. Nesta quinta-feira, elas são esperadas no Tribunal Regional do Trabalho para esclarecer definitivamente a situação e exigir seus direitos.



Mas os problemas de Nedite Rebouças e Leda dos Santos não parecem tão grandes quanto a dor de cabeça da empresária Vilcilene Gil Caetano, proprietária da Telemídia Comércio & Marketing, produtora responsável pela campanha a prefeito do ex-deputado Hamilton Casara e da advogada Neuma Guedes (Jaru). Ela não recebeu um centavo e está cobrando hoje a dívida atualizada no valor de R$ 85 mil. “... Desde o ano passado (2008) vem passando por grandes danos e constrangimentos devido à falta de caráter e escrúpulo de alguns dirigentes do PSDB estadual e municipal da cidade de Porto Velho...”, diz ela em carta endereçada aos tucanos de Rondônia e aos deputados federais Claudio Diaz, vice-presidente nacional, e Waldir Neves.



A Telemídia, criada por familiares há 5 anos, está quase falida por causa do “tombo” de Casara e seus asseclas. Os funcionários contratados para trabalhar na campanha do ex-deputado foram pagos com câmeras, televisão e computadores e o restante (móveis e equipamentos) foram penhorados pela Justiça. “E como filiada do PSDB estou envergonhada, jamais imaginei que o partido fosse assim...”, conta Vilcilene Gil Caetano. Igual a ela outro pequeno empresário da cidade também não sabe quando vai receber pelo trabalho executado na pífia campanha de Casara. A firma, que trabalha com plotagem de veículos, tem cheques sem fundos do comitê financeiro do PSDB.

Despejo

Duas outras questões levantadas pela Nota de Esclarecimento do PSDB merecem considerações. O escritório do Diretório Regional não fica mais no mesmo endereço. O proprietário, o advogado Celso Ceccato, não agüentava mais os alugueis atrasados. E o partido foi obrigado a mudar para uma sala no prédio comercial na esquina da Avenida Brasília com Pinheiro Machado. “Esse pessoal (PSDB) não pagou aluguel e me deu o maior prejuízo”, disse Ceccato, que está alugando o imóvel por R$ 6.000,00 mensais. O advogado Pedro Wanderlei, que diz trabalhar gratuitamente para o partido, pode esclarecer qualquer dúvida com o próprio Ceccato através do número 3223-1218.

Ameaça

Hamilton Casara, seu irmão, Astrobaldo Casara, e Lindomar Sandubas são contumazes em ameaçar o deputado estadual Maurinho Silva (PSDB-Porto Velho) em busca de cargos na Assembléia Legislativa. A ameaça se baseia na seguinte premissa: o parlamentar será acusado de infidelidade e poderá ser expulso do partido porque não estaria contribuindo com sua cota na legenda. A vereadora eleita pela Capital, Mariana Carvalho, também recebeu sérias ameaças caso não distribuísse também cargos de assessores em seu gabinete. Ela e seu pai, Aparício Carvalho,pediram a destituição da comissão provisória da legenda em Porto Velho, dirigida por Sandubas. “Essas ameaças não registramos em delegacia, mas tomamos as providências internas no partido”, explicou.




Campanha pífia

Apesar de toda a dívida do PSDB, que beira a casa de R$ 200 mil, Hamilton Casara conseguiu fazer 3.705 votos para prefeito nas últimas eleições. “E olha que metade desses votos são de legenda”, disse Maurinho, lamentando a forma como o partido vem sendo conduzido em Rondônia. Maurinho é um dos que defende a imediata intervenção no PSDB e a eleição de uma nova executiva. O assunto é estudado em Brasília pela executiva nacional. Casara tenta desmentir, assim como fez na Nota de Esclarecimento ardilosa contra o RONDONIAGORA, mas sabe que suas chances de se manter no comando partidário são pequenas.


VEJA A NOTA MENTIROSA DO PSDB

A Comissão Executiva do Diretório Regional do PSDB em Rondônia, e a Comissão Executiva Municipal de Porto Velho do PSDB, considerando a veiculação de matéria jornalística caluniosa no sítio eletrônico RONDONIAGORA, vêm à público prestar os seguintes esclarecimentos:

1. Estiveram em Porto Velho nos dias 23 e 24 deste mês os Deputados Federais Cláudio Diaz e Valdir Neves, designados pela Executiva Nacional do PSDB para visitar os Estados do Acre e de Rondônia e avaliar o trabalho do partido nesses dois Estados, além de motivar o PSDB para as atividades a serem desenvolvidas em 2009, em preparação para a eleição presidencial de 2010.

2. Os deputados mencionados estiveram reunidos com todos os detentores de mandatos filiados ao PSDB em Rondônia, e também com os membros da direção do partido, em duas reuniões havidas no Hotel Vila Rica, em Porto Velho, onde tomaram conhecimento das dificuldades e também dos êxitos locais alcançados pela agremiação.

3. A matéria jornalística veiculada pelo RONDONIAGORA contém inúmeras inverdades, como, por exemplo, quando faz referência à existência de “fraude, má-gestão e ameaças no PSDB”. Fraude e ameaça são crimes previstos no Código Penal Brasileiro, e a Executiva Estadual desconhece a existência de qualquer ocorrência policial, inquérito ou ação penal em tramitação para apurar tais condutas no âmbito do PSDB de Rondônia.

4. A Executiva Estadual do PSDB de Rondônia recomenda a qualquer pessoa que por acaso tenha sido vítima de ameaças, que procure a polícia e registre o boletim de ocorrência respectivo, a fim de que o fato seja apurado pelas autoridades.

5. Não há nenhum procedimento da Executiva Nacional do PSDB para apurar suposta má-gestão do partido em Rondônia.

6. O PSDB jamais foi, ao contrário do que afirma a matéria, “despejado” da sua sede por falta de pagamento de aluguéis. O partido atravessa problemas financeiros, é verdade, e há atraso no pagamento de despesas mensais e de funcionários, mas isso se deve à falta de receita, pois o repasse do Fundo Partidário Nacional foi suspenso pela Justiça Eleitoral por um ano (de agosto de 2008 a agosto de 2009). Essa suspensão se deu porque as contas do PSDB relativas ao exercício de 2005 foram reprovadas pela Justiça em função de pendências deixadas pelo presidente da época, o Senador Expedito Júnior.

7. O PSDB já quitou a dívida deixada por Expedito Júnior, no valor de R$ 19 mil reais, e já ingressou com ação judicial contra o mesmo para receber de volta esse dinheiro.

8. Os débitos do partido já foram comunicados pelo presidente Hamilton Casara à Executiva Nacional, que já assumiu o compromisso de promover o seu pagamento.

9. O PSDB já acionou seus advogados e vai ingressar com representação criminal contra o site RONDONIAGORA na próxima segunda-feira (30.03), a fim de que apresentem as provas das alegadas fraudes e ameaças.

Porto Velho, 27 de março de 2009.

Comissão Executiva Regional do PSDB em Rondônia
Comissão Executiva Municipal do PSDB em Porto Velho

OBS: a comissão executiva regional não se reuniu para discutir o teor da nota e nem sua publicação.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions