Rondônia, quarta-feira, 8 de julho de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Terça, 05 de Julho de 2011 - 15h52

VISITA DE DILMA VIRA PALANQUE PARA FÁTIMA CLEIDE E É MARCADA POR INCIDENTE COM DEPUTADOS ESTADUAIS

RONDONIAGORA


VISITA DE DILMA VIRA PALANQUE PARA FÁTIMA CLEIDE E É MARCADA POR INCIDENTE COM DEPUTADOS ESTADUAIS
A visita da presidente da República, Dilma Roussef, a Rondônia foi marcada por um forte aparato de segurança, sem direito a coletiva de imprensa e um pequeno incidente envolvendo os deputados estaduais na Base Aérea da Capital. O ato de assinatura do decreto de transposição acabou transformado em “palanque” para a ex-senadora Fátima Cleide, que anunciou nesta semana a pré-candidatura à Prefeitura de Porto Velho. Ela e os aliados do Diretório Regional lotaram a casa de shows Talismã 21 e transformaram alguns políticos em vítimas de escárnio público, obviamente apenas os desafetos de Fátima e do PT. A qualquer menção do seu nome, o senador Ivo Cassol (PP) foi alvo de vaias da claque petista. Já para Fátima Cleide, gritos e aplausos.

Dilma Rousseff chegou a Porto Velho por volta das 10h25min na Capital. Concedeu entrevistas as rádios Cayari e Parecis, na qual ela falou sobre o decreto de transposição, confirmando que há de fato muitas dúvidas sobre o enquadramento entre 1.987 a 1.991, mas garantiu que não haverá injustiças. Sobre as obras do Programa de Aceleração do Crescimento, a presidente assegurou a retomada das obras de esgotamento sanitário e canalização de água potável. Em seguida, ela pegou um helicóptero junto com os senadores, ministros e os representantes das empresas do consórcio responsável pela Usina de Santo Antônio.

Incidente com deputados

Antes do embarque a Santo Antônio foi registrado um pequeno incidente com os deputados estaduais de Rondônia. Os parlamentares Marcelino Tenório (PT-Ouro Preto) e Zequinha Araújo (PMDB-Porto Velho) foram barrados na portaria de entrada da Base Aérea de Porto Velho. Os oficiais só permitiram o ingresso do deputado estadual Valter Araújo (PTB-Porto Velho), presidente da Assembléia Legislativa. Mesmo assim, Valter também foi impedido de embarcar junto com a comitiva porque não havia lugar suficiente. O parlamentar chegou a chamar um helicóptero –não há informações ser era de sua propriedade -, mas também foi impedido de decolar e pousar em Santo Antônio porque o espaço aéreo é fechado quando o presidente da República está sobrevoando. Valter foi convidado e integrou a mesa dos trabalhos na Talismã 21.

Em Santo Antônio, Dilma acionou um mecanismo iniciando o processo de desvio das águas do Rio Madeira para as comportas do empreendimento, garantindo uma nova fase para a obra. Em seu discurso, ela destacou o papel fundamental do ex-presidente Lula na concretização das usinas de Jirau e Santo Antônio. Na época, ela era ministra das Minas e Energia, cargo hoje ocupado por Edson Lobão, que também esteve presente a cerimônia em Santo Antônio. Dilma recebeu presentes de dois alunos do projeto Acreditar Júnior, destinado a filhos dos funcionários do consórcio construtor.

Dilma seguiu direto para Talismã 21 e não concedeu entrevistas. Lá, a cerimônia foi rápida. Assinou o decreto ao som de aplausos dos militantes do Partido dos Trabalhadores. Fez questão de agradecer e elogiar todos os senadores, ex-senadores e deputados federais, inclusive o saudoso Eduardo Valverde, como responsáveis pela transposição. Elogiou também a disposição do governador Confúcio Moura (PMDB) em utilizar os recursos economizados com a transposição para aperfeiçoamento do servidor público. Dilma entende que o Brasil passa por uma nova fase e somente através da educação é que se tira as pessoas da miséria e exclusão social. Mais uma vez, a presidente saiu apressada, sem falar com os jornalistas.

Crise em seu governo

Dilma evitou questionamentos a respeito da mais nova crise em seu Governo. O ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, é acusado de superfaturamento em obras, esquema que derrubou a cúpula do ministério. Alfredo, que é senador licenciado pelo Amazonas, chegou a colocar o cargo a disposição, mas Dilma , por enquanto, não aceitou. Ele, que deveria estar nessa comitiva de hoje, já foi convidado para se explicar na Câmara e no Senado.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions