Rondônia, terça-feira, 21 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Revista

Publicado em Quarta, 20 de Dezembro de 2017 - 18h21

Remuneração extra melhora qualidade do leite em Rondônia

da Redação


Remuneração extra melhora qualidade do leite em RondôniaSilvio Tenório explica que recebe cerca de cinco mil reais no ano passado, por ter um leite de mais qualidade

O pagamento por qualidade é ferramenta essencial para a evolução da qualidade do leite. Esta estratégia é realizada há algum tempo por algumas indústrias do País aos produtores de leite, mas ainda é novidade em Rondônia e tem incentivado a melhoria da matéria prima.

Ao atender os parâmetros de qualidade definidos pelo laticínio, para contagem bacteriana total (CBT), células somáticas (CCS) e teor de gordura, o produtor pode ganhar até oito centavos a mais por litro de leite. Uma remuneração extra que tem motivado a adoção de boas práticas no campo e tecnologias para o aumento da produção de leite, beneficiando tanto a indústria quanto o produtor e o setor lácteo como um todo.

A iniciativa em Rondônia é do Laticínio Jóia, localizado no município de Ministro Andreazza, o único que realiza o pagamento por qualidade do leite no estado. O incentivo recebido são centavos a mais que, ao final do ano, transformam-se em milhares de reais, fazendo a diferença na renda das famílias que dependem do leite para seu sustento. “Só de bonificação, eu recebi cerca de cinco mil reais no ano passado, por ter um leite de mais qualidade”, conta o produtor Silvio Tenório, de Ministro Andreazza (RO).

Requisitos exigidos

Ele foi o primeiro produtor a receber oito centavos a mais por litro pela qualidade, atendendo os requisitos exigidos pelo laticínio para a bonificação. “Além do dinheiro a mais, tenho satisfação em oferecer um produto de qualidade, mais saudável”, complementa Silvio.

Para Ailton Pereira de Sena, produtor de leite da região de Espigão D’Oeste (RO), em seus 40 anos na atividade leiteira, é a primeira vez que recebe incentivo financeiro pela qualidade do leite que entrega na indústria. “Eu luto por cada centavo a mais todo mês, o leite é a renda principal da minha família. A cada retorno da análise do laticínio eu fico de olho no que preciso melhorar. Fico mais atento aos problemas”, comenta.

Projeto de pesquisa

O Laticínio Jóia deu início a este sistema de bonificação em julho de 2015, com o apoio de resultados de projeto de pesquisa realizado pela Embrapa Rondônia, apontando pontos críticos e estratégias para a melhoria da qualidade do leite em Rondônia. Os resultados já estão sendo colhidos.

Nestes dois anos do sistema de bonificação, o laticínio aumentou em 60% o volume de leite captado e saltou de 300 para 800 produtores associados, um aumento de 167%. Além disso, o número de funcionários foi de 20 para 60. “Todo este avanço requer ainda mais responsabilidade. Aumentamos o volume de leite e precisamos ter qualidade. Assim como temos mais produtores para atender e também funcionários que agora fazem parte do processo e esperam de nós a dedicação e o relacionamento humanizado que sempre tivemos”, destaca Alessandro Rodrigues.

Sustentabilidade

Para a pesquisadora da Embrapa Rondônia, Juliana Dias, iniciativas como a implementada pelo Laticínio Jóia são de grande importância para a sustentabilidade da cadeia produtiva do leite em Rondônia. “Investir em ações que promovam a obtenção de matéria prima com qualidade, como capacitação de mão de obra, transparência nas ações e valorização do produto, podem levar o negócio do leite a um novo patamar, gerando mais empregos e renda para a economia e famílias de produtores de Rondônia”, afirma.

Atualmente, o laticínio capta cerca 40 mil litros leite por dia em seis municípios de Rondônia e seu principal produto é a muçarela, que é vendida em quase sua totalidade para São Paulo.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions