Rondônia, domingo, 26 de junho de 2022
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Quarta, 09 de Fevereiro de 2022 - 11h41

Câmara de Ji-Paraná aguarda sanção do aumento salarial do prefeito, vice, secretários e vereadores e diz que fez “justiça” ao conceder reajuste

da Redação


Câmara de Ji-Paraná aguarda sanção do aumento salarial do prefeito, vice, secretários e vereadores e diz que fez “justiça” ao conceder reajusteVereadores comparam Isaú a um CEO de uma grande empresa para justificar aumento

A Câmara de Vereadores de Ji-Paraná aguarda a sanção do Executivo aos projetos de Lei, aprovados na última semana, aumentando os salários do prefeito Isaú Fonseca (MDB), o vice-prefeito Joaquim Teixeira (MDB), secretários municipais e vereadores. No texto da matéria, assinada por 7 vereadores, a Casa diz que fez “justiça” ao conceder o reajuste ao prefeito, tendo em vista que desde 2013 não havia correção do salário do chefe do Executivo. A Câmara também justificou-se explicando que é exigido do prefeito “dedicação integral” com redução do tempo para “dedicação a outras atividades”. Curioso é que o atual prefeito Isaú Fonseca nunca explicou o que fazia para ganhar a vida, pelo menos não ao Tribunal Regional Eleitoral. Segundo o site do TRE, ele não possui bens e nem renda a declarar. Veja o link: https://divulgacandcontas.tse.jus.br/divulga/#/candidato/2020/2030402020/00051/220000791439
A Câmara corrigiu a perda do salário pelos índices da inflação. Foram produzidos cálculos desde 2013, quando a inflação girou em torno de 5,91%, segundo os vereadores. O salário do prefeito Isaú Fonseca saltou de R$ 13.416,00 para R$ 22.791,87, no ano em que o salário mínimo aumentou pouco mais de R$ 100,00 e a pandemia deixou centenas de pessoas desempregadas. “… É brutalmente incompatível o subsídio que atualmente o Prefeito Municipal de Ji-Paraná recebe frente ao seu papel de gestor desempenhado”, atestou a Casa de Leis, comparando o prefeito a um CEO de uma grande empresa.
Já para os secretários, os parlamentares de Ji-Paraná corrigiram as perdas a partir de 2017. Os salários subiram de R$ 9.100,00 para R$ 11.665,00. O mesmo critério foi utilizado para majorar os salários dos vereadores de R$ 9 mil para R$ 12 mil. “Não se trata de aumento, mas de correção inflacionária”, disse o vereador Marcelo Lemos, um dos que assinaram o projeto encaminhado para votação extraordinária.

Veja quem assinou o projeto e os índices utilizados para “correção” salarial

Os vereadores que assinaram o projeto foram, além de Marcelo Lemos, Lorenil Gomes, Elvis Gomes, Gilberto Wosniach, Welinton Gomes, Admilson Procópio e Juscelino Costa. Os índices calculados são:
2013 – 5,91%
2014 – 6,41%
2015 – 10,67%
2016 - 6,29%
2017 – 2,95%
2018 – 3,75%
2019 – 4,31%
2020 – 4,32%
2021 – 10,06%


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions