Rondoniagora.com

Rondônia, 25 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Cidades

Governo Federal faz audiências públicas para Ferrovia Centro-Oeste em Rondônia

Sexta-feira, 16 Julho de 2010 - 10:46 | DNIT


O Governo Federal vai realizar audiências públicas para apresentar a Ferrovia de Integração Centro-Oeste – FICO - em Rondônia, Mato Grosso e Goiás, neste mês de julho. Em Vilhena/RO, o evento acontece na segunda-feira (19). Na terça (20), é a vez de Lucas do Rio Verde, e no dia seguinte, Água Boa. Na sexta-feira (23), a audiência pública acontece no município goiano de Campinorte. O objetivo é apresentar o projeto da ferrovia a toda a comunidade, em cumprimento à Lei nº 8.666, que regula as licitações.

O projeto é elaborado com recursos da segunda fase do PAC – Programa de Aceleração do Crescimento - pela VALEC - Engenharia, Construções e Ferrovias, empresa pública vinculada ao Ministério dos Transportes. O Governo Federal investirá R$ 6,4 bilhões e será o responsável pela construção, que deve começar no ano que vem. Os estudos preliminares, o EIA/RIMA e o projeto básico da Ferrovia de Integração Centro-Oeste foram iniciados no ano passado, dentre as ações definidas pelo Ministério dos Transportes.

Entre Uruaçu/GO e Lucas do Rio Verde/MT a ferrovia terá a extensão de 1.004 quilômetros. Até o ano de sua conclusão (2014) a previsão é de investir R$ 4,1 bilhões. Já para o trecho entre Lucas do Rio Verde/MT e Vilhena/RO (com 598 quilômetros), devem ser investidos R$ 2,3 bilhões.

Trata-se da primeira parte de um grande projeto, a Ferrovia Transcontinental (EF-354). No Plano Nacional de Viação a EF-354 é planejada com 4.400 quilômetros de extensão. Ela segue de Uruaçu/GO para o leste, passando pelo Distrito Federal, Minas Gerais até o litoral fluminense. Para o oeste, o plano indica um caminho de Vilhena/RO rumo ao Acre até a fronteira com o Peru, trecho que está em fase de estudos.

A FICO é mais uma iniciativa para modificar a matriz de transportes no Brasil, conforme o Plano Nacional de Logística de Transportes. De acordo com o PNLT, o objetivo é de que, em 2025, 32% do transporte de cargas do país seja efetuado por meio de trens, o que vai reduzir custos. Com isso, a produção de grãos, açúcar, álcool e carne da região será negociada a preços mais competitivos, pois o empreendimento facilita o acesso a vários portos. Outra vantagem é atrair grandes projetos e investimentos da iniciativa privada para a região, com geração de emprego, renda e melhoria da qualidade de vida.

Serviço:

Audiências públicas Ferrovia Centro-Oeste

Vilhena/RO

Segunda-feira, 19 de julho, às 20h

Auditório da Prefeitura Municipal

Rua Senador Teotônio Vilela, S/N, Jardim América

Lucas do Rio Verde/MT

Terça-feira, 20 de julho, às 20h

Câmara Municipal

Avenida Pará, N°400, Centro

Água Boa/MT

Quarta-feira, 21 de julho, às 20h

Centro Cultural

Avenida Norberto Schwantes, nº 451, Centro

Campinorte/GO

Sexta-feira, 23 de julho, Às 20h

Câmara Municipal

Av. Bernardo Sayão, 2001 – Parque das Nações
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News