Rondônia, sexta-feira, 19 de julho de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Sexta, 21 de Dezembro de 2012 - 11h05

MP viabiliza liminar para que restabelecimento de coleta de lixo

MP-RO


O Ministério Público de Rondônia teve deferido pedido de liminar para que o município de Rolim de Moura, por meio do prefeito Sebastião Dias Ferraz, restabelecesse no prazo máximo de 48 horas, o serviço de coleta de lixo, mantendo-o ainda regular e de forma contínua, aplicando, no caso de descumprimento, multa no valor de R$ 2.000.000,00 , a incidir, também, sobre o patrimônio pessoal do prefeito.

A liminar foi concedida por meio de ação civil pública ajuizada no dia 19 de dezembro de 2012, objetivando a continuidade dos serviços essenciais no município cujo cumprimento é dever do ente municipal, consistente, na prestação dos serviços de coleta de lixo urbano.
O município de Rolim de Moura vem enfrentando uma série de problemas em virtude de deficiências em sua gestão, resultando na deficitária prestação de serviços básicos e essenciais em favor da população. No entanto, por força de uma série de irregularidades detectadas no procedimento administrativo destinado à contratação da empresa para coleta de resíduos sólidos, o Tribunal de Contas do Estado de Rondônia, via decisão monocrática 66/2001, do Conselheiro Valdivino Crispim de Souza, ordenou ao prefeito a suspensão do contrato, o que não foi cumprido, de início. Posteriormente, em nova manifestação da Corte de Contas, Decisão Monocrática 72/2012, de 14 de agosto de 2012, foi determinado de maneira definitiva a suspensão da contratação viciada dos serviços, o Município interrompeu o contrato com a COENCO e assumiu a realização direta da coleta de lixo.

Contudo, desde a suspensão da mencionada contratação, os moradores tem enfrentado grandes dificuldades, a coleta de lixo por servidores municipais não teve regularidade e continuidade, gerando grande acúmulo em todos bairros da cidade, ficando a urbe abarrotada de sacolas e caixas contedoras de lixo doméstico e comercial, acumulado há semanas, sem que a Prefeitura prestasse o serviço essencial de coleta do lixo urbano.

Em razão disso, o Ministério Público, propôs ação civil pública com pedido de antecipação de tutela para imposição de obrigação de fazer, ordenando-se aos Requeridos o imediato restabelecimento dos serviços de coleta de lixo e a regularização em toda a cidade no prazo de até 48 horas.

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/cidades/mp-viabiliza-liminar-para-que-restabelecimento-de-coleta-de-lixo)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions