Rondoniagora.com

Rondônia, 28 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Cidades

Setor produtivo rondoniense reúne-se com ministra do meio ambiente

Sexta-feira, 04 Abril de 2008 - 14:58 | Unicom - Unidade de Comunicação Social


Setor produtivo rondoniense reúne-se com ministra do meio ambiente
Representantes do setor produtivo de Rondônia foram recebidos pela ministra do meio ambiente, Marina Silva, em Brasília nesta quarta-feira, 02. O grupo fez a entrega de dois documentos originados nos setores rural e industrial, com propostas para evitar a paralisação da produção e contendo medidas de proteção ao meio ambiente, condizentes com o desenvolvimento sustentável. O presidente do Sistema Indústria (Fiero, Sesi, Senai, IEL), Euzébio André Guareschi, esteve representado pelo vice-presidente Ayres do Amaral, que avaliou a reunião: “foi muito fértil e a ministra considerou de extrema importância a iniciativa do setor produtivo”.

Acordo de Rondônia
O carro-chefe do documento entregue à ministra é o ‘desmatamento zero’, mas o conjunto de compromissos inclui a recuperação das matas ciliares e mananciais, implantação de sistemas agroflorestais, reflorestamento e redução de queimadas para a formação de pastagens ou para qualquer outra prática agrícola, a questão fundiária, entre outras. Um total de 18 propostas com alternativas para conter o desmatamento, sem interromper o processo de desenvolvimento em curso no Estado, assegurando crescimento sustentável. Dentre as propostas, a introdução de novas e modernas tecnologias produtivas, tanto na área rural como na industrial, é vista como fundamental para o futuro do estado.
Embora tenham sido entregues dois documentos, não há contradições entre as posições dos setores produtivos, rural e industrial, apesar de suas propostas diferirem em alguns pontos de menor importância. “Como representante da indústria, a Fiero acredita que a preservação e sustentabilidade das empresas madeireiras deve ser preservada”, avalia o presidente Euzébio Guareschi.

Acordo de Rondônia
O carro-chefe do documento entregue à ministra é o ‘desmatamento zero’, mas o conjunto de compromissos inclui a recuperação das matas ciliares e mananciais, implantação de sistemas agroflorestais, reflorestamento e redução de queimadas para a formação de pastagens ou para qualquer outra prática agrícola, a questão fundiária, entre outras. Um total de 18 propostas com alternativas para conter o desmatamento, sem interromper o processo de desenvolvimento em curso no Estado, assegurando crescimento sustentável. Dentre as propostas, a introdução de novas e modernas tecnologias produtivas, tanto na área rural como na industrial, é vista como fundamental para o futuro do estado.
Participaram junto com o vice-presidente da Fiero os senadores Valdir Raupp e Fátima Cleide, a deputada federal Marinha Raupp, os deputados estaduais Jesualdo Pires, Chico Paraíba e Ribamar Araújo; o representante dos produtores rurais João do Valle; o presidente da Faperon, Chico Padre e o coordenador do Conselho Temático de Meio Ambiente da Fiero e presidente do Sindicato Madeireiro de Ariquemes (SIMA), Avalone Sossai de Farias.
Novos encontros envolvendo membros do governo federal, que já terão tido oportunidade de analisar as propostas apresentadas, deverão resultar no entendimento final. O próximo encontro deverá ser conduzido pela Assembléia do Estado, em data a ser brevemente divulgada.

Workshop
Senai e Sebrae realizam o 1º Workshop Madeiro-Moveleiro Tecnologia e Inovação – A chave para o desenvolvimento de Rondônia, com o objetivo de identificar problemas de tecnologia e inovação, apontando soluções para o desenvolvimento de projetos competitivos para o mercado globalizado. O evento será dia 24 de abril, em Ji-Paraná, voltado à classe empresarial dos setores madeiro e moveleiro, instituições de fomento e de ciência e tecnologia. Tem como parceiros Ulbra, UNIR e Fiero.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News