Rondoniagora.com

Rondônia, 29 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Eleições

Juíza: Ibope transformou Rio Branco em "comédia patética"

Segunda-feira, 24 Setembro de 2012 - 14:06 | Terra


A juíza da primeira zona eleitoral de Rio Branco (AC), Maha Khouzi Manasfi e Manasfi, acatou o pedido do Ministério Público Eleitoral (MPE) e impugnou a pesquisa Ibope/TV Acre para prefeito de Rio Branco, mesmo após sua divulgação na última sexta-feira pela emissora de televisão, afiliada da Rede Globo. Em sua sentença, à qual o Terra teve acesso, Maha considera que o Ibope feriu o princípio da igualdade de disputa ao elaborar questionário para o segundo turno com apenas dois candidatos. Para ela, a pesquisa transformou a cidade numa "comédia patética".

"Não é legítimo o Ibope - que não deveria exercer nenhuma parcela de poder - estabelecer previamente quem ficará na disputa ou nomear quem ele ache conveniente permanecer", disse a juíza. Para ela, a última pesquisa mudou "drasticamente de rumo" o cenário político-eleitoral da capital do Acre, acabando por transformá-lo numa "comédia patética". Os formulários apresentavam ao eleitor os nomes de Marcus Alexandre (PT) e Tião Bocalom (PSDB) no segundo turno, deixando de fora os demais concorrentes. "O cenário político-eleitoral, com esta última pesquisa Ibope, mudou drasticamente de rumo, transformando-o numa comédia apática e patética, com forte apelo para um melodrama vespertino digno de canal livre", criticou a magistrada na sentença. Com o pedido de impugnação atendido, todos os veículos que publicaram os resultados do levantamento são obrigados a retirar do ar, sob pena de pagamento de multa no valor de R$ 53 mil. Além disso, uma investigação será realizada para encontrar possíveis falhas na apuração da pesquisa.

Esta é a segunda vez que os dados do Ibope são questionados na Justiça do Acre. Em agosto, os advogados do PSDB entraram com pedido de impugnação alegando "contaminação" dos questionários. Segundo eles, o instituto induzia o eleitor a responder de forma favorável ao candidato do PT, ao pedir a opinião sobre o governador Tião Viana (PT), e programas executados pelo governo.

O pedido foi deferido pela mesma juíza. O resultado, que apontava vantagem do candidato petista, ficou uma semana impedido de ser divulgado pela emissora da Rede Globo. No sábado, a Justiça Eleitoral também emitiu sentença desfavorável ao Ibope em Porto Velho, capital de Rondônia. A pedido do PPS, uma pesquisa que seria divulgada amanhã pela TV Rondônia/Rede Globo foi impugnada. O questionário excluía o candidato Mário Português (PPS). Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também

IBOPE: ROBERTO COMEMORA E ESQUECE BAIXO DESEMPENHO DE FÁTIMA CLEIDE

Em tempo: como a Transposição tira votos nesse momento, Fátima aparece agora na TV (inserções de sua Coligação) dizendo que conseguiu destinar centenas de milhões de reais a Porto Velho.


ACRE: IDENTIFICAÇÃO DO ELEITOR E POSSÍVEL DIRECIONAMENTO LEVAM JUSTIÇA A PROIBIR PESQUISA DO IBOPE

A juíza acatou os argumentos de que os eleitores não podem ser identificados. O IBOPE pede o endereço do cidadão que queira conceder seu ponto de vista eleitoral. E faz isso também em Rondônia.


IBOPE DIVULGA NOVA PESQUISA NA TERÇA; SIMULAÇÕES NÃO INCLUEM MÁRIO PORTUGUÊS

No Acre, a sondagem de agosto foi vetada pela Justiça Eleitoral em razão do instituto ter exigido endereço, email e telefone dos entrevistados. Em Rondônia isso também acontece.


APÓS DENÚNCIA DO RONDONIAGORA, JUSTIÇA SUSPENDE PESQUISA DO IBOPE EM PORTO VELHO; VEJA DECISÃO

As graves irregularidades nos questionários da pesquisa IBOPE que está sendo realizada em Porto Velho, levaram o juiz da 22ª Zona Eleitoral de Port...