Rondônia, 05 de Dezembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Geral

Grupo Êxodo cancela apresentação do Homem de Nazaré por falta de repasse da prefeitura

Prefeitura diz não ter feito convênio por conta de decreto que contingencia despesas.

Sexta-feira, 25 Novembro de 2016 - 09:54 | da Redação


Grupo Êxodo cancela apresentação do Homem de Nazaré por falta de repasse da prefeitura

O espetáculo o Homem de Nazaré, que deveria ser realizado nos próximos dias 1 a 3 de dezembro, foi cancelado pelo Grupo Teatral Êxodo (GTE), que alegou falta de compromisso e descaso da prefeitura de Porto Velho. Segundo o grupo, a Fundação Cultural (Funcultural) havia confirmado apoio financeiro ainda em novembro do ano passado, mas nada foi feito. Por meio de nota, o Executivo municipal diz que o convênio não foi realizado por conta do decreto 14.222/16, que determina o contingenciamento de despesas do município.


O GTE afirma que apresentou um projeto em novembro de 2015 à Funcultural, mas não há registros de qualquer processo aberto em alusão à peça, bem como não há qualquer posição oficial ou extraoficial dirigida à diretoria de que a municipalidade não contribuiria com o projeto. Inclusive, relata o grupo em nota, conforme consta em ata de reunião da diretoria, realizada em 26 de setembro deste ano, ‘o próprio representante da Funcultural confirmou que o prefeito Mauro Nazif tinha como compromisso resgatar o Espetáculo, tendo mantido o evento no calendário da Funcultural. Dessa forma, o GTE tomou as providências necessárias para o lançamento da peça teatral, ocasião em que nenhum representante da administração municipal compareceu’.

Também por meio de nota, a Fundação Cultural do Município de Porto Velho informa que o convênio foi articulado em diversos momentos para ser executado, que propôs o apoio do projeto, entretanto alega que não há projetos atuais, apenas de anos anteriores, e que o orçamento que a Funcultural estava articulando para apoiar não foi disponibilizado devido ao contingenciamento de despesas. A prefeitura diz ainda ter conversado com os dirigentes do grupo sobre a situação.

A Funcultural alega ainda que a ‘sentiu dificuldades de apoiar o projeto devido a inviabilidade de realizar o convênio com o Grupo Êxodo por problemas de documentação para o esteio financeiro do projeto em si’.

O Grupo Teatral Êxodo confirmou a apresentação do espetáculo no próximo ano, com a proposta de trazer um ator/atriz de renome nacional e, ainda, promover a integração com atores dos demais estados amazônicos e municípios de Rondônia. A data provável de apresentação será nos dias 16 e 17 de junho de 2017.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também