Rondônia, terça-feira, 2 de junho de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Sexta, 18 de Fevereiro de 2011 - 11h09

Versão da PM sobre os confrontos ocorridos em Porto Velho

PM-RO


Danos ao patrimônio público, roubo e ameaça a policiaisPoliciais militares agredidos, ônibus depredados e roubados foi o saldo da manifestação feita na manhã de ontem, 17, na Avenida 7 de setembro e depois na prefeitura de Porto Velho, por pessoas que aproveitando o momento de represália ao reajuste nas tarifas do transporte coletivo na capital promoveram atos de vandalismo e ameaçando tocar fogo em ônibus obrigaram passageiros, motorista e cobradora a deixar o veiculo e anunciaram o roubo. A Polícia só revidou quando foi agredida injustamente por integrantes do bando.
De acordo com o Boletim de Ocorrências registrado na Central de Polícia, os policiais militares que ali estavam para servir e proteger, ficaram com lesões graves e escoriações pelo corpo: José Augusto Ubelino de Barros, Fábio Alexandre da Rosa, Raimundo Agustinho Sobrinho, Adilon Pereira da Silva, Reginey de Castro Tavares, Leandro Costa Camurça, Claudionor Vieria Galdino, Ivanei Lopes de Sousa e Alice Marcolino Lisboa, sofreram lesões, mas conseguiram dominar e prender os agressores.

Pelos danos, roubos e depredação a ônibus, foram presos Matias Firmino da Silva, 18. Com ele a Polícia apreendeu uma garrafa com liquido inflamável. Com Dione Medeiros Ribeiro, a Polícia apreendeu duas camisas, uma azul e outra azul com branco, três pedras, três pedaços de madeira com bandeiras de protesto. Também foi preso Alisson Dione Gomes, que estava com panfleto onde a palavra de ordem era: Manifestação, porrada o busão, três pedras e três pedaços de madeira. Jeferson Monteiro Caldas, também manifestante estava com três pedaços de madeira e outros que atirou nos policiais.

O caso

A guarnição do sargento PM Augustinho foi designada pelo Centro Integrado de Operações Policiais – CIOP para atender a uma ocorrência de dano. Rangel Freira Cerdeira e cobrador Jose Maria de Oliveira, foram obrigados pelos manifestantes a descerem do coletivo, juntamente com os passageiros. Em seguida os acusados passaram a danificar o veiculo causando danos no pára-brisa e janelas. A Polícia informou que os manifestantes passaram a agredir pessoas e impedir o direito de ir e vir, seguindo para a Avenida Carlos Gomes.

Roubo

Matias Firmino da Silva, um dos presos, foi acusado de juntamente com outros manifestantes, após terem danificado outro ônibus da empresa 3 Marias com pedras e paus,tendo um deles entrado no carro com uma garrafa de produto inflamável, ameaçou tocar fogo no ônibus e em seguida roubou a caixa em R$ 271,00. Após a depredação fugiram com destino a prefeitura de Porto Velho. O sargento PM Ubelino tentou diálogo com os depredadores, mas recebeu como resposta, dissabores “ vai te f.... policial corrupto” foi então que Matias recebeu voz de prisão.

Ataque

Neste momento, segundo a Polícia, manifestantes começaram a atirar paus e pedras em direção aos policiais, danificando uma viatura e resgatando o preso. Com reforço de outras equipes, os policiais dominaram a situação, prenderam os manifestantes e apreenderam faixas que diziam: CLDP, se a tarifa não baixar o pau vai quebrar, 2,60 não dá, passe livre já, pancada no busão, entre outras.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions