Rondoniagora.com

Rondônia, 30 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Polícia

Exames identificam duas pessoas que estiveram na casa de professor esquartejado em março

Sexta-feira, 09 Dezembro de 2016 - 15:31 | da Redação


Exames identificam duas pessoas que estiveram na casa de professor esquartejado em março

A Delegacia de Homicídios de Porto Velho, segue nas investigações para identificar o autor da morte do professor universitário Elessandro Milan, encontrado morto no dia 18 de março deste ano, dentro do apartamento onde ele morava localizado na Zona Leste da Capital. O corpo foi esquartejado.

Em entrevistas anteriores, Sandro Moura afirmou que a Polícia trabalhava com três linhas de investigação. A primeira é de que dois suspeitos assassinaram o professor, e um deles, que seria o principal suspeito fugiu para o Rio de Janeiro, e acabou morto. A segunda é que uma mulher que aparece em uma foto no celular da vítima ajudou no crime. A terceira investiga através de registros telefônicos outras pessoas que possivelmente estão envolvidas e estavam próximas à casa no dia do crime.

De acordo com o laudo, duas pessoas estavam com a vítima no momento do crime. A vítima teve a cabeça arrancada e deixada na estante, os braços em uma bacia e outras partes jogadas pelo apartamento.

Em entrevistas anteriores, Sandro Moura afirmou que a Polícia trabalhava com três linhas de investigação. A primeira é de que dois suspeitos assassinaram o professor, e um deles, que seria o principal suspeito fugiu para o Rio de Janeiro, e acabou morto. A segunda é que uma mulher que aparece em uma foto no celular da vítima ajudou no crime. A terceira investiga através de registros telefônicos outras pessoas que possivelmente estão envolvidas e estavam próximas à casa no dia do crime.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News