Rondônia, quinta-feira, 9 de abril de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Polícia

Publicado em Terça, 29 de Março de 2011 - 16h54

Polícia esclarece como bandidos agiram para roubar armamento de delegacia

Lenilson Guedes - PM-RO


Polícia esclarece como bandidos agiram para roubar armamento de delegacia
Em menos de 24 horas A PM e Polícia Civil desvendaram o roubo de armas em uma delegacia de Ouro Preto do Oeste. Foi identificada uma quadrilha que recebia ordens diretas de um apenado de alta periculosidade que cumpre pena no Presídio local. Além das prisões, todo o armamento e munições levados da Delegacia foram recuperados. Participaram da ação policiais civis do Sevic de Ouro Preto, da Delegacia Roubo a Patrimônio de Porto Velho e da Delegacia Regional de Ji-Paraná, além de policiais militares do 2º BPM.Segundo o delegado titular da Delegacia de Ouro Preto, Cristiano Matos, o furto ocorreu por volta das 2 horas de ontem, por homens que entraram pelos fundos da delegacia, arrancaram parte da grade de proteção da janela e entraram na sala onde ficava guardado o armamento do SEVIC. Eles arrombaram um cadeado da porta do armário e furtaram seis armas: três espingardas calibre 12, uma carabina calibre .40, uma carabina calibre .38 e uma sub metralhadora .40. Além das armas, os bandidos levaram munições.

Um vizinho chegou a avistar um homem saindo dos fundos da delegacia e ligou para o 190, informando a situação. As guarnições de serviço realizaram vários patrulhamentos pelas imediações, mas não localizaram nada de suspeito. O furto só foi descoberto pela manhã, quando policiais civis chegaram para trabalhar e viram o armário arrombado. De imediato, o delegado acionou o perito e montou uma força tarefa para elucidar o fato e recuperar as armas.

O secretário de Segurança, Marcelo Bessa, também enviou uma equipe de policiais de Porto Velho para ajudar nas investigações.

Os fatos

Após investigação, os policiais chegaram até Jardel Meireles da Silva, 23. Ele foi apontado como sendo um dos autores do furto e acabou preso quando andava tranquilamente pelas ruas da cidade. Na abordagem, os policiais encontraram um revólver calibre 38, com seis munições intactas.

Durante o depoimento, Jardel Meireles confessou o furto e além de delatar todo o esquema, passou com frieza os detalhes da ação. Ele e mais um homem identificado como “Didi”, ficaram escondidos próximo à delegacia e aguardaram um momento propício para praticar o crime. “Por volta de 1h30, resolvemos entrar pelos fundos da delegacia e o “Didi” usou um serrinha para serrar a grade. Em seguida, o Didi entrou na sala e me passou as armas. Depois fugimos até uma esquina. Lá, nos encontramos com mais duas pessoas que estavam numa moto Falcon, de cor vermelha”, disse Jardel.

Esconderijo

O armamento foi levado para a casa do Jardel e ficou escondido debaixo de um sofá. Jardel também confessou que se o Policial Civil tivesse flagrado a ação, eles o matariam, pois estavam armados com dois revólveres calibre 38 e dispostos a tudo. Jardel Meireles possui várias passagens pela justiça por furto e roubo e desde a última sexta-feira (25), estava no Regime Semi-Aberto.
Resgate de preso

Continuando com as investigações, os policiais prenderam a Paula Fabiana, esposa do Pablo Meireles - Um apenado de alta periculosidade que foi preso e baleado no braço por policiais civis em Ouro Preto após uma intensa troca de tiros na cidade de Ariquemes, onde na ocasião os policiais apreenderam uma certa quantidade de droga e várias munições de grosso calibre, incluindo de fuzil .762.

De acordo com o PM Luiz do 2º Batalhão, em depoimento, Paula confessou que parte do armamento seria usado no próximo dia 5, para resgatar o seu marido. Os policiais confirmaram que neste dia o Pablo seria levado para Porto Velho, onde seria submetido a uma cirurgia no braço que foi baleado.

A outra parte seria vendida e o dinheiro consistia em pagar os bandidos que iriam participar do resgate.

Paula também informou ao delegado Cristiano Matos, que às ordens eram dadas de dentro do Presídio pelo Pablo e as conversas aconteciam sempre nos dias de visitas. Ela também disse que um outro apenado do Presídio de Machadinho do Oeste ajudou a arquitetar todo o plano.

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/policia/policia-esclarece-como-bandidos-agiram-para-roubar-armamento-de-delegacia)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions