Rondônia, 01 de Dezembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Geral

Sem legistas, IML em Ariquemes fecha nos finais de semana

Quinta-feira, 31 Março de 2011 - 09:49 | RONDONIAGORA


Uma situação inusitada no Instituto Médico Legal de Ariquemes foi denunciado por todos os vereadores de Ariquemes. O órgão fecha aos sábados e domingos por falta de médico legista. Os corpos de vítimas são levados a Porto Velho nos finais de semana, onerando ainda mais os gastos com funeral para as famílias. Nesta quinta-feira, o vereador Tibério Rocha (PPS) entregou ofício ao secretário de Segurança Pública, Marcelo Bessa, pedindo o funcionamento do IML nos finais de semana também.

A situação do IML de Ariquemes foi denunciada na sessão da última segunda-feira da Câmara. Na oportunidade, o vereador Tibério Rocha falou sobre a estrutura precária e a falta de médicos no Instituto e o não funcionamento nos finais de semana, que de acordo com ele, perdura há mais de 100 dias. “A situação é humilhante para o município, e principalmente para o Governo do Estado de Rondônia”, rechaçou, acrescentando que, ao visitar o IML, se deparou com uma estrutura abandonada, sem condições para que os funcionários executem seus serviços; carro que transporta os corpos funcionando em péssimas condições; e a falta de médicos para trabalhar nos finais de semana. “Para as famílias de toda a região que precisam do IML de Ariquemes, a situação é ainda mais difícil, pois nos finais de semana, se obrigam a ir até Porto Velho para fazer o laudo de atestado de óbito e liberar o corpo. É uma vergonha”, disse.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também

Jesualdo garante apoio financeiro para Escolas Agrícolas

O Projeto de Lei Nº 889/2010, de autoria de Jesualdo Pires (PSB-Ji-Paraná), que autoriza o Governo do Estado a realizar o pagamento de bolsas de e...

Quatro assassinatos são registrados no interior nas últimas 24 horas

Quatro homicídios foram registrados pela Polícia no interior do Estado, de sábado para domingo. Em Ariquemes, por volta de 21 horas de ontem, na Ru...