Rondônia, quarta-feira, 15 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Quarta, 24 de Agosto de 2011 - 10h48

CAERD CONTESTA DENÚNCIA DE PERSEGUIÇÃO A SERVIDORES E ATACA PRESIDENTE DO SINDUR, QUE TERIA “MARAVILHOSO SALÁRIO”

RONDONIAGORA


O presidente da Caerd, Sérgio Castello Branco, encaminhou nota a imprensa contestando as denúncias de perseguição aos servidores da empresa que discordam dos posicionamentos da diretoria. Pessoas que estão há mais de 25 anos em suas funções estão temerosas de perder seus empregos, conforme denúncia de sindicalistas que atuam na Caerd e que são ligados ao Sindicato dos Urbanitários (Sindur). O dirigente da autarquia disse que se trata de “sensacionalismo” e que, pelo contrário, há um trabalho de cooperação entre a direção da Caerd e os servidores para reduzir gastos e atuar nas concessões de Jaru, Rolim de Moura e Ji-Paraná.Mas o presidente da Caerd não apenas se defendeu na nota. Resolveu atacar o presidente do Sindicato dos Urbanitários, Nailor Guimarães Gato, acusando o dirigente de não estar nem um pouco preocupado com os funcionários da autarquia. “o presidente da Caerd não entende o descontentamento do presidente do Sindur, que é engenheiro da Eletrobrás e tem um maravilhoso salário garantido, estando muito aquém da sofrida realidade dos trabalhadores da Companhia de Água e Esgotos de Rondônia, e que muito provavelmente não está nem um pouco preocupado com a árdua rotina de trabalho desses colaboradores que a duras penas garantem o sustento de suas famílias, e por vezes ainda convivem com a insegurança da estabilidade, uma vez que a instituição é alvo de interesses particularizados em várias cidades de Rondônia”.

O Rondoniagora entrevistou não apenas o presidente do Sindur sobre a onda de perseguição na Caerd. A diretora do sindicato, Geovana Neloto, foi quem se responsabilizou pelas denúncias contra a direção da empresa. “Tem gente que trabalha há 25 anos mas está com medo de ir para rua porque quem discorda do presidente fica com o emprego ameaçado”, explicou Geovana. Os demais diretores lamentaram as ameaças do presidente da Caerd e colocaram a entidade a disposição para defender os trabalhadores inclusive na esfera judicial.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions