Rondoniagora.com

Rondônia, 27 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Política

FOLHA DE S;PAULO: Deputada de RO cobrava propina por celular, diz PF

Sábado, 26 Novembro de 2011 - 10:34 | Folha de S.Paulo


Acusado de ser o chefe do esquema, presidente do Legislativo foi preso em operação; outras 14 pessoas foram detidas
ENVIADO ESPECIAL A PORTO VELHO (RO)
MATHEUS MAGENTA
ENVIADO ESPECIAL A PORTO VELHO (RO)
FELIPE LUCHETE
DE SÃO PAULO

Uma investigação conjunta do Ministério Público de Rondônia e da Polícia Federal sobre fraudes em licitações e contratos públicos no Estado apontou que uma deputada estadual cobrou propina via torpedos de celular.

Segundo a Folha apurou, a deputada Ana Dermani de Aguiar (PT do B) enviou mensagens ao presidente da Assembleia Legislativa, Valter Araújo (PTB), para cobrar o "compromisso" com o "dindin", passar o número de sua conta bancária e depois agradecer o pagamento.

A investigação identificou uma espécie de mensalão na Assembleia, com repasses regulares feitos por Araújo a sete dos 24 deputados estaduais. Os pagamentos chegavam a quase R$ 60 mil.

O presidente da Assembleia, apontado como chefe do esquema, foi preso em operação da PF. Outras 14 pessoas foram detidas, entre servidores e empresários.

Os demais deputados, de seis partidos, tiveram apenas documentos apreendidos.

Promotoria e PF estimam que o esquema tenha desviado ao menos R$ 15 milhões.

Empresas em nome de laranjas eram usadas para fraudar licitações e contratos no Detran e nas secretarias de Saúde e de Justiça.

Quase 40 pessoas devem ser indiciadas. Elas vão responder por crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva, peculato, extorsão e tráfico de influência.

A Folha apurou também que a investigação flagrou, por meio de escutas autorizadas pela Justiça, um deputado recebendo conselhos sobre como guardar dinheiro de propina dentro da meia para sair com o montante da Assembleia sem ser percebido.

Outra escuta flagrou José Miguel Saud Morheb dizendo ter explicado a sua mulher que "propina não é desperdício, propina é investimento". Ele foi preso na operação. Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também

Prisões estão sendo mantidas pelo judiciário

As prisões da operação denominada Termópilas, determinadas em decisão do desembargador Sansão Saldanha, da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça d...


NEODI CONTRATOU SERVIDOR FANTASMA A MANDO DE VALTER ARAÚJO, DIZ MP

O Ministério Público de Rondônia ajuizou ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra os deputados estaduais Valter Araújo, Neod...