Rondônia, segunda-feira, 22 de outubro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Terça, 10 de Novembro de 2009 - 17h33

Jornal de Acir Gurgacz copia matérias e a condenação do rei das sucatas

RONDONIAGORA


CTRL C...  CTRL V

Com tantos profissionais a disposição, é vergonhosa a atitude da direção do jornal Diário da Amazônia em surrupiar notas jornalísticas do Rondoniagora e posta-las na coluna “Informe Amazônia” sem o menor pudor. A matéria entitulada “LICENÇA DE NEODI DA PRESIDÊNCIA DA ALE DIVIDE GRUPOS E VIRA DISPUTA POR PODER”, publicada às 11h14min de segunda-feira, foi copiada de forma sorrateira pelos editores do jornal da família Gurgacz, sem mudar  uma única vírgula. Outra nota na mesma coluna “De volta Astir”, também desta terça, foi redigida na sexta-feira passada pelo Rondoniagora. Além de usurpar o texto, o Diário ainda copia matérias bem atrasadas. Das duas uma: ou o editor-chefe, Guarim Liberato, não sabe nem o que se passa na sua redação ou precisa de um bom editor de política pra não levar furos e nem passar vexames com os colegas da imprensa. E essa cópia de matérias não é nada recente...

Rainha da sucata

Bem ao estilo dos Gurgacz, a esposa do novo senador, Ana Maria, causou o maior constrangimento durante a posse do marido. Ela sentou nas cadeiras reservadas aos congressistas para ouvir o discurso do “ficha limpa” Acir Gurgacz. Nem deu bolas para os seguranças da Casa preocupados com a repercussão negativa junto aos seus superiores. “A mulher dele está ali, no plenário, e não pode”, comentou um dos policiais legislativos. “E quem é que vai falar com ela? Tira ela de lá”, ironizou um outro colega. Quem quiser ver as matérias publicadas sobre o novo senador do Paraná é só conferir no site do Senado na página dedicada a Acir Gurgacz.

Mais fraude

Segundo o jornal O Globo, três membros da família do senador Acir Gurgacz (PDT) foram condenados no mês passado pelo Tribunal de Contas da União por fraudes contra o Governo Federal e desvio de R$ 1,6 milhão, dinheiro destinado a inclusão digital de carentes no Paraná. Uma auditoria constatou que o velho Assis Gurgacz, primeiro suplente do filho, está envolvido no esquema de direcionamento, superfaturamento e desvio de recursos, utlizando laranjas e empresas da família, além da Fundação Gurgacz.O TCU decretou a indisponibilidade de três membros da família. Como já foi dito nesse espaço, família unida, permanece unida, inclusive no capítulo do Código Penal que trata da formação de quadrilha.

Cheiro de traição

O Ato 003/2009 da Mesa Diretora da Assembléia Legislativa tirou os poderes administrativos do deputado estadual Jesualdo Pires (PSB-Ji-Paraná). Agora, o secretário-geral, Neucir Battiston, assina documentos junto com qualquer um dos membros da Mesa, começando pelo presidente da Casa. O grupo de Jesualdo agora aguarda a chegada de Neodi Carlos Oliveira (PSDC-Machadinho), em tratamento médico no interior paulista, para restabelecer a ordem na Assembléia Legislativa.

Bem articulado

O presidente em exercício Miguel Sena (PSDB-Guajará-Mirim) vinha se queixando aos aliados da suposta perseguição do secretário-geral Neucir Battiston. Chegou a colocar na “mesa” seu cargo a disposição, caso o rival não fosse exonerado. Os ânimos esfriaram e Miguel esqueceu o assunto. Agora na presidência, resolveu se aliar a Neucir Battiston para neutralizar um inimigo mais poderoso. Na verdade, o paranaense Neucir Battiston é bem articulado e sabe conduzir o processo político, sobretudo quando está na berlinda.

TJ, MP e TCE na mira

As vitórias de Miguel Sena sobre seus adversários na Assembléia Legislativa têm um preço. Não foi à toa que o presidente da Casa, Neodi Carlos, preferiu a licença médica, deixando o parlamentar no cargo. Agora, Miguel tem o compromisso de apresentar o projeto, inclusive de sua própria autoria, acabando com os auxílios dos promotores, juízes e conselheiros do Tribunal de Contas de Rondônia. Tem juiz e promotor que recebe até R$ 4 mil para pagar residência em Porto Velho, quando a maioria tem casa particular, sem falar no polpudo salário de R$ 20.000,00.

Churrasco...

A vinda da advogada Vera Lucia Rodrigues, que conduziu o processo de transposição dos servidores de Roraima e Amapá, acendeu o alerta de alguns escritórios de advocacia de Porto Velho. Alguns estão convidando insistentemente os sindicalistas para churrascada nas mansões e fazendas.

Pacto com o diabo

O senador paranaense Acir Gurgacz defendeu aliança do PDT, PMDB e PT. As três legendas tem apresentado projeto de candidaturas próprias ao Governo. Acir pelo PDT; Confúcio Moura pelo PMDB e (Eduardo Valverde, Fátima Cleide ou Roberto Sobrinho) pelo PT. Na verdade, Gurgacz tenta seduzir os caciques do PMDB e PT para apoiar sua pré-candidatura ao Palácio Presidente Vargas, reservando as vagas ao Senado para Fátima Cleide e Valdir Raupp.PT e PMDB tem projetos bem claros para 2.010 e Acir não está na pauta, pelo menos por enquanto. 

e-mail: gerson@rondoniagora.com


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions