Rondônia, quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Sábado, 17 de Maio de 2014 - 12h42

MP REAFIRMA QUE VEREADORES DE PORTO VELHO FORMARAM QUADRILHA COM "BETO BABA" E "FERNANDO DA GATA"; CONFIRA

RONDONIAGORA


MP REAFIRMA QUE VEREADORES DE PORTO VELHO FORMARAM QUADRILHA COM "BETO BABA" E "FERNANDO DA GATA"; CONFIRA

Em alegações finais na Ação Penal impetrada após Operação Apocalipse, o Ministério Público reafirmou nesta sexta-feira praticamente todas as acusações contra cerca de 50 pessoas, envolvidas em delitos de associação para o tráfico de drogas, estelionato, formação de quadrilha, violações de sigilo funcional, além de financiamentos irregulares de campanhas políticas. Após o regular processo, os promotores Jesualdo E. Leiva de Faria e Tiago Cadore decidiram manter as denúncias contra quatro vereadores de Porto Velho: FRANCISCO DE ASSIS DO CARMO DOS ANJOS, o “Cabo Anjos”, DELSO MOREIRA JÚNIOR, o “Pastor Delso”, MARCELO REIS LOUZEIRO e JAIR DE FIGUEIREDO MONTE, este último apontado como um dos líderes da organização, juntamente com Alberto Ferreira Siqueira, o "Beto Baba" e Fernando Braga Serrão, o "Fernando da Gata".

O Ministério Público manteve as acusações de associação para o tráfico de drogas, reafirmando que em seu entendimento, ficaram comprovadas as acusações inicialmente formuladas por MARIA ELIANE DOS REIS SOARES, ex-esposa de Jair Monte. Segundo depoimento informal, o então marido recebia drogas de Guajará-Mirim e enviava a Manaus. Utilizava então o dinheiro para bancar um grupo político com ramificações na Câmara Municipal e na Assembleia Legislativa. Ele negou as acusações.

“Beto Baba” e “Fernando da Gata” também negaram participação na associação para o tráfico dizendo que sequer eram usuários. “Fernando da Gata “ e Jair Monte foram flagrados em conversas utilizando frases, que para a Polícia soaram como códigos. Certa vez por exemplo, o vereador falou em encomendas que iria buscar na casa de “Fernando da Gata”. Os dois se defenderam dizendo que falavam de uma campanha do PT que estavam apoiando. Além da ex-esposa de Jair Monte, a irmã da deputada “Ana da 8”, Luciana Dermani Aguiar foi outra a fazer acusações de envolvimento com drogas. No entanto, não houve prova material.

Núcleo político


Além de Jair Monte, que aparece como líder da suposta quadrilha, outros três vereadores aparecem no esquema: FRANCISCO DE ASSIS DO CARMO DOS ANJOS, o “Cabo Anjos”, DELSO MOREIRA JÚNIOR, o “Pastor Delso” e MARCELO REIS LOUZEIRO.

Sobre “Cabos Anjos”, o MP é categórico: “Vendeu seu mandato ao crime” e aos líderes “Fernando da Gata” e “Beto Baba”. Ele assinou um documento garantindo nomear dois assessores indicados pela organização criminosa. “CABO ANJOS tem dupla responsabilidade de não se envolver com criminosos: a primeira por ser Policial Militar e a segunda por ser representante do povo no Legislativo Municipal. Mesmo assim, preferiu o caminho fácil do crime, o caminho fácil da venda do mandato eletivo e do loteamento do gabinete junto aos líderes da organização criminosa devendo, agora, assumir a responsabilidade de seus atos e ser punido criminalmente”, dizem os promotores.

“Delso Moreira” é outro que utiliza o mandato para o crime, atesta o MP. Como membro da organização criminosa estava pessoalmente empenhado “em obter a cassação do mandato da Deputada Ana da 8 como forma de conseguir a sua cadeira na Assembleia e passar a satisfazer os interesses do grupo ao qual se filiou em troca de benefícios financeiros e mesmo políticos”. Na defesa apresentada em juízo uma nova constatação de que abusa do cargo: diz que faz empréstimos da Câmara Municipal em uma prática condenável.

Marcelo Reis aparece também como integrante do grupo mas em menor grau. Nomeou a cunhada de “Fernando da Gata” para seu gabinete. O MP entende no entanto que isso configura sua participação na quadrilha. CONFIRA NA SEGUNDA-FEIRA A COBERTURA COMPLETA.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions