Rondônia, domingo, 19 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Quinta, 26 de Junho de 2008 - 15h16

A VERDADE POR TRÁS DA REVISTA CHAPA BRANCA - Por Ivonete Gomes

Ivonete Gomes


Sobre a reportagem publicada pela revista chapa branca do PT somente um fato é preocupante, a suposta declaração da Polícia Federal da montagem de um dossiê ao desqualificado repórter de Brasília Leandro Fortes. Preocupante porque os maiores especialistas em dossiê são os petistas, que o diga a falecida ex-primeira dama Ruth Cardoso. Ninguém melhor que essa trupe de pilantras para avaliar o que é ou não um dossiê. Uma carta anônima (que o PT analisa como dossiê) postada a partir da Vila Mariana, na capital paulista, foi enviada a vários veículos de comunicação e instituições como o Ministério Público Federal. No conteúdo grosseiro da correspondência há denúncias graves, mas sem nenhuma comprovação, contra delegados da Polícia Federal, advogados, políticos, empresários e o procurador da República Reginaldo Pereira da Trindade. A Alltv já investigava o falso seqüestro do procurador e seu envolvimento com extração ilegal de madeira e diamantes quando recebeu a carta anônima enviada à redação do site Rondoniagora e encaminhou a carta (com envelope para exames datiloscópico) ao ex-superintendente da Polícia Federal em Rondônia juntamente com imagens do flagrante de retirada ilegal de madeira da Reserva Roosevelt.

Os ataques da revista do PT a jornalistas do site Rondoniagora já eram esperados. Afinal, contra fatos não há argumentos, desmentir a reportagem da Revista Veja e da AllTV repercutidas no Rondoniagora se tornou impossível, o melhor caminho do procurador ligado a senadora Fátima Cleide foi a retaliação e intimidação. O senhor Reginaldo Pereira da Trindade e seus companheiros do Partido dos Trabalhadores buscam desesperadamente desqualificar os jornalistas que denunciaram o esquema que envolve cerca de 40 milhões de dólares por mês.

O desqualificado Leandro Fortes embasou a reportagem em depoimentos de uma garimpeira (não comerciante) que trabalha na extração ilegal de diamantes. Diz o tal Fortes, da revista do PT, que tudo está na Polícia Federal. Ora, estaria nossa polícia prevaricando ao não prender uma garimpeira de Roosevelt ou será que o Ministério Público Federal ofereceu algum acordo para dona Neide depor?

Perda de tempo e dinheiro da preguiçosa senadora Cleide e seu amiguinho Trindade tentarem desqualificar a Veja e o Rondoniagora. O senhor procurador deveria estar preocupado com sua defesa na Comissão da Amazônia, onde provavelmente será denunciado, e com o processo administrativo que foi instaurado graças a seriedade e hombridade do procurador-chefe Francisco Marinho. Até agora o senhor Reginaldo não explicou o falso seqüestro, os documentos da Funai e sobre o aval dele na extração ilegal de madeira.

É bom esclarecer que a Polícia Federal está investigando os fatos e usa a reportagem produzida pela AllTV como ponto de partida, caso contrário não teria ouvido a garimpeira. O que a negociadora de pedras não revelou as autoridades policiais estão em gravações de aproximadamente duas horas, revelações como o envolvimento de membros do alto escalão do Governo Federal na extração dos diamantes de Roosevelt. O PT tinha que se defender de alguma forma para salvar o negócio lucrativo dos companheiros. Fátima Cleide fez discurso no Senado, como sempre falou para as paredes, os passos seguintes foram influência na Polícia Federal (o que parece não ter dado certo) e o ataque baixo e sorrateiro, bem ao estilo Cleide de ser.

Finalmente, nesta quinta feira, iniciamos os procedimentos jurídicos que o caso requer, a começar por solicitações de informações e procedimentos junto a Polícia Federal, que supostamente subsidiu a matéria veiculada. Em seguida serão acionados a Revista chapa branca e os demais sites rondonienses que repercutiram as mentirosas publicações.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions