Rondônia, quarta-feira, 22 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Sexta, 12 de Junho de 2009 - 15h38

Aleluia! obras inacabadas foram reiniciadas

RONDONIAGORA


A população de Porto Velho respira aliviada, porque em várias partes da cidade, obras que haviam sido iniciadas antes das eleições municipais, porém, permaneciam inacabadas foram reiniciadas.

Foram meses de prejuízos causados a população e não se sabe se as empresas contratadas receberam ou não o pagamento total pelas mesmas. Quase ninguém falou nada sobre isso, ou seja, gente que tinha a obrigação de fazer isso não deu a mínima satisfação aos porto-velhenses.

Não se sabe se o Ministério Público, que é considerado o guardião da sociedade, ajuizou alguma ação contra a prefeitura ou contra aquelas empresas que foram contratadas pela administração municipal, para executá-las e, posteriormente, as deixaram ao “deus dará” por muitos meses.

Também não se sabe quantos milhões saíram dos cofres públicos para “engordar” os cofres dessas empresas, nessa questão.

Mais: a Câmara de Vereadores teve posicionamento tímido em relação a mais esse desrespeito para com a população da Capital do Estado de Rondônia.

Resta aguardar que, agora, as obras sejam concluídas e, sobre modo, venham a se tornar duradouras, porque porcarias a população não aceitará jamais.

Portanto, “olho vivo” senhor prefeito. As eleições majoritárias de 2010 estão bem pertinho.

ODACIR SOARES (1)

O ex-senado e ex-prefeito de Porto Velho, e atual Secretário-Chefe da Casa Civil do Governo, Odacir Soares, disse à imprensa em alto e bom som: “Rondônia terá R$ 360 milhões para aplicar em saneamento básico em Porto Velho, ou seja, a grana será de compensações financeiras provenientes da construção da Hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira, mediante acordos feitos pelo governador Ivo Cassol com a União (leia-se: presidente Lula, Ministério do Meio Ambiente e a Ministra-Chefe da Casa Civil, Dilma Roussef”). Sobre modo em relação a Flora Bom Futuro e a Reserva, área de preservação ambiental da União e a reserva de 140.000 hectares “Rio Vermelho”, onde está instalado o canteiro de obras da Hidrelétrica de Jirau.

ODACIR SOARES (2)

Sobre sua posição em relação à seara política o experiente advogado, empresário e político Odacir Soares disse: “ainda estamos analisando as possibilidades de colocar ou não o nosso nome à disposição do eleitorado rondoniense em 2010, vez que, isso é uma decisão que precisa ser amadurecida, principalmente em função do trabalho que estamos desenvolvendo na Casa Civil do Governo. Na hora oportuna nos manifestaremos. Mas desde já agradeço as manifestações de apreço que tenho recebido de inúmeras pessoas que acompanham a nossa trajetória de homem público em nosso Estado”.

ODACIR SOARES (3)

Ainda se reportando aos R$ 360 milhões que o governo federal destinará ao Estado de Rondônia, para investimento em saneamento básico e outras áreas prioritárias, Odacir Soares enfatizou: “desses recursos, o governo investira R$ 15 milhões na ampliação e melhorias do sistema prisional no Complexo Ênio Pinheiro, onde serão criadas mais 360 novas vagas para presos de Justiça; R$ 20 milhões irão para a Saúde; R$ 10 milhões para a infra-estrutura escolar e rodoviária do Estado.

Odacir também acrescentou: o governo estadual tem outras três grandes bandeiras junto ao Governo Federal, que são: a transposição dos servidores da época do ex-Território Federal para o Quadro da União; o cancelamento da Dívida do ex-Beron; e a construção do Gasoduto Urucu (AM) / Porto Velho, numa extensão de 523 quilômetros.

RAMIRO NEGREIROS

Mantido no cargo a custa de seguidos recursos, vez que, a Justiça Eleitoral cassou-lhe o mandato eletivo, o vereador Ramiro Negreiros (PMDB) esta pedindo melhorias junto a prefeitura municipal para a Praça do Bairro Três Marias. Também pede que seja colocado um abrigo de passageiros na parada de ônibus na confluência da Av. Amazonas com a rua Nicarágua. E que a EMDUR melhore os serviços de iluminação pública nos bairros Flodoaldo Pontes Pinto e Calama.

Apesar desse esforço, comenta-se que a cassação de Ramiro Negreiros é praticamente certa.

Já os céticos acham que não, porque a justiça nesses casos seria muito lenta.


DR. SALMIN SÁUMA


Após ouvir o talentoso Grupo de Pagode Nosso Jeito, o advogado Salmin Sáuma resolveu “dar uma força” aos seus integrantes: passou a recomendá-lo aos seus inúmeros amigos.

Após ser contatado pelo conceituado operador do Direito, este colunista foi até o “Zeno do Côco” e constatou in loco o entusiasmo do referido padrinho do Grupo de Pagode Nosso Jeito.

Realmente, a rapaziada é talentosa. Fazem um samba de primeira qualidade, sem muito barulho, com boa harmonia e interpretação afinada dos maiores sucessos do gênero em todo o Brasil. O líder é dinâmico Rogério.

Vale a pena assisti-los e ver o senso profissional que, desde já, os diferencia da maioria dos grupos de pagodeiros de Porto Velho, que conversam muito quando estão trabalhando, desafinam e sequer possuem boas aparelhagens de som. Uns são até aceitáveis, só que bebem demais e aí a “vaca vai para o brejo”, ou seja: desagrada o público que os ouve.

Detalhe: nessa área musical, o Grupo Mistura Brasileira, continua sendo o melhor da Capital e adjacência, sob a liderança de Nilson do Cavaco e sua troup. É isso aí !


PORTO VELHO: LENÇOL FREÁTICO É RICO EM FERRO

Pois é.

A afirmação dada à imprensa pela química e gestora ambiental Elliege Cristiane Weiricer é boa e ao mesmo tempo ruim. Disse ela: “as águas subterrâneas na área da cidade de Porto Velho são ricas em ferro, porém, mesmo se sabendo que em pequenas dosagens o ferro é bom para a saúde, em caso de excesso, torna-se prejudicial à mesma, podendo até causar doenças como o câncer”.

E agora?

Agora é analisar o que, num passado não muito distante, alguns “especialistas” andaram propagando sobre o lençol freático que existe no subsolo da Capital rondoniense, dando a entender que, este seria contaminado por dejetos escatológicos, provenientes de fossas de quintais.

Lembram?


Nessa situação, bem que cabe o adágio popular: se correr o bicho pega e se ficar o bicho come.

Ou então, passar a tomar só água mineral ou só xixi... Que tal?

Ainda bem que o governo está acenando com a possibilidade de toda a cidade de Porto Velho vir a ser abastecida com água tratada. A partir de quando? Isso, só Deus sabe.

CAVALGADA OU CARNALGADA?


Foi o que ouvimos de muitas pessoas que compareceram ao trajeto da Cavalgada realizada pela organização da Exposição Agropecuária de Porto Velho – EXPOVEL/2009.


Realmente, teve de tudo. Principalmente muita bebedeira e um desfile infindável de figuras bizarras.


A coisa ganhou ares de “carnaval de rua fora de época”. Até mascarados desfilaram em potentes motocicletas. E sem serem molestados pela policia ambiental.


Quando a proibição das carretas, pelo Ministério Público, até certa parte, foi acolhida pela população como sendo correta. Porém, aqueles pequenos veículos com som potente, além de ônibus faziam o que no trajeto da Cavalgada?

Outra coisa: se o Juizado de Menores tivesse atuado teria recolhido centenas de menores que ali estiveram “enchendo à cara” com água que passarinho não bebe. Além de inúmeras donzelas totalmente embriagadas fazendo “xixi” em locais inadequados à mencionada festa.

Outra coisa: para uma Cavalgada o que menos se viu foram eqüinos, na Avenida Carlos Gomes. Porém, estes foram substituídos por “bípedes” ignorantes que distribuíram atos de ignorância à vontade (fazendo estripulias em cima de motos, automóveis, ônibus e o escambau).

Mesmo assim, valeu pelo espírito da coisa.

Lembrete: se você for à Expovel, não esqueça de levar pelo menos uns R$ 100,00. Caso contrário vai passar vergonha. Os preços, lá, estão pelos “olhos da cara”, principalmente, bebidas e comidas. Menos para empresários e pecuaristas. Esses têm muita grana e não estão nem aí para a “crise”, que dizem estar assolando o País.

CASSOL

Para o governador Cassol, as greves que estão pipocando no Estado têm caráter político. Na saúde, principalmente. “A população já percebeu que por trás dessas greves sempre estão o Sintero, o Sindsaúde e outras entidades sindicais que só atacam o governo. Mas nunca fazem movimento nenhum contra a administração petista na Capital que, na área de saúde não faz direito o “dever de casa”. Tanto que até agora Porto Velho não possui um Hospital Municipal. É por causa disso que o João Paulo II e o Hospital de Base vivem lotados. E a culpa de tudo é do governo. Mas eles podem estar certos de uma coisa: não irei negociar com esses grevistas enquanto eles não retornarem aos seus postos de trabalho. Também não mais irei pagar o “Plano Bresser” e os faltosos terão suas faltas descontadas nos salários”.

CASSOL (2)

Essas afirmações do governador foram feitas durante entrevista num canal de televisão de Porto Velho, esta semana.

Cassol foi mais enfático ao afirmar: “vamos contratar emergenciais para que a população não seja prejudicada no atendimento dos serviços de saúde sob a responsabilidade do governo. Além disso, iremos contratar mais de mil servidores para a saúde através de concurso público, ainda este ano”.

MOTOTAXISTAS

Mais de dois mil mototaxistas estão dispostos a empunhar a bandeira de Cassol e Expedito Júnior.

Sabem por que?

Porque estão se sentindo apoiados por ambos, no sentido de verem a profissão regularizada na Capital e, poderem ganhar o próprio sustento e de suas famílias.

Quer dizer: só falta a administração petista e sua “base de sustentação” na Câmara de Vereadores aprovarem uma lei nesse sentido.

Uma coisa é certa: a vitória dos mototaxistas é praticamente certa. Sem choro, nem vela.

ATÉ A PRÓXIMA, PREZADOS LEITORES !!!


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions