Rondônia, quarta-feira, 22 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Sábado, 03 de Outubro de 2009 - 18h15

Amado Rahal confirma: HB terá ponto eletrônico facial e informatização geral

Walmir Miranda


HB: PONTO ELETRÔNICO FACIAL E INFORMATIZAÇÃO (1)

O diretor geral do Hospital de Base de Porto Velho, médico Amado Rahal confirmou ao colunista que “todos os 700 (setecentos) servidores lotados naquele órgão estadual terão suas freqüências controladas através de ponto eletrônico, mediante o qual o reconhecimento do servidor ocorrerá com este pondo-se à frente do equipamento e num período de cinco segundos a sua face será registrada. Após esse procedimento os dados do servidor são transmitidos para um Banco de Dados específico, e daí serão repassados para o controle da Folha de Pagamento e setores administrativos”.

HB: PONTO ELETRÔNICO FACIAL E INFORMATIZAÇÃO (2)

Segundo Amado Rahal, a força de trabalho do Hospital de Base de Porto Velho é composta por um conjunto de servidores dentre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, técnicos de laboratório, técnicos administrativos, além do pessoal de apoio, que trabalham em turnos distintos - (manhã, tarde e noite) - às 24 horas do dia. Dessa forma, fazem com que o “HB” funcione sem interrupção em suas múltiplas atividades, em benefício da população, gratuitamente, por determinação do governador Ivo Cassol, vez que, os recursos são oriundos do tesouro estadual e também do governo federal.

HB: PONTO ELETRÔNICO FACIAL E INFORMATIZAÇÃO (3)

Com a introdução do ponto eletrônico diz Amado Rahal “vamos ter condições de melhorar o controle dos diversos setores do Hospital de Base nos aspectos administrativos e operacional, pois trata-se do primeiro equipamento de reconhecimento facial a ser instalado no Brasil”.

HB: PONTO ELETRÔNICO FACIAL E INFORMATIZAÇÃO (4)

O sistema de reconhecimento facial, para o controle de ponto dos servidores do “HB”, também será estendido para todas às demais secretarias de Estado, através de um projeto piloto, já a partir do mês de novembro deste ano.
Objetivo: melhorar às condições de controle da freqüência dos servidores em seus locais de trabalho, bem como, a qualidade dos serviços de saúde da rede pública para a população.
Esse equipamento foi instalado no “HB” pelo Instituto Edumed, de São Paulo, e em breve será estendido às demais unidades de saúde sob a responsabilidade do Estado.

HB: PONTO ELETRÔNICO FACIAL E INFORMATIZAÇÃO (5)

Ainda de acordo com o diretor geral do Hospital de Base, Amado Rahal, além do “ponto eletrônico facial”, todos os servidores ali lotados passarão a usar crachás de identificação. Essa será uma maneira de diferenciar aqueles servidores dos demais usuários do “HB”, vez que, é muito grande o número de pessoas que se deslocam dentro da área do Hospital de Base, porque dessa forma os usuários também poderão saber quem os está tratando ou orientando, e qual o setor no qual o funcionário desenvolve as suas atividades especificamente.
Para o secretário da SESAU, Milton Moreira “essa é mais uma demonstração inequívoca das ações positivas do governo, na administração Ivo Cassol, em benefício da população, em se tratando de serviços de saúde”.

TRÂNSITO: FARÓIS COM LUZES COR VIOLENTA

O Detran precisa entrar em ação rapidamente para coibir os abusos que já estão se registrando nas vias públicas de Porto Velho, em se tratando do uso de faróis com luzes cor violeta.
Quem trafega em sentido oposto aos veículos com esse tipo de faróis fica sem ver nada à sua frente, tamanho o impacto da luz cor de violeta, principalmente, se estes tiverem com luz alta.
Alguns automóveis e motocicletas estão utilizando esse tipo de faróis, sem que os seus condutores sejam devidamente fiscalizados pelo policiamento de trânsito.
Aqui a pergunta que não quer calar: o Departamento Nacional de Trânsito já autorizou o uso desse tipo de faróis (com luz cor violeta)?
Parece que não.
Então é hora dos “infratores” serem tirados de circulação, antes que mais vidas humanas venham a ser ceifadas no trânsito violento e assassino de Porto Velho.
Com a resposta quem de direito. 

PERIGO: “PAGODES ABERTOS” E SEM SEGURANÇA

Aumenta o número de barzinhos de esquinas em Porto Velho. Detalhe: como forma de aumentar a clientela estão se utilizando de “apresentações” de Grupos de Pagode ou de máquinas de música eletrônica. A situação, aparentemente normal, precisa ser olhada com mais cuidado pelos canais responsáveis pela segurança pública, especialmente pela Delegacia Especializada em Jogos e Diversões, quem é quem fornece autorização de funcionamento para os referidos estabelecimentos.
Motivo: tem se tornado freqüente as ocorrências de brigas, tiroteios e mortes nesses locais.
E, apesar da gravidade da situação, o que se observa é que, os proprietários desses barzinhos de esquina não estão se preocupando com a segurança dos freqüentadores, o que os coloca em perigo constante, porque pessoas armadas (facas, revólveres e pistolas) entram e saem desses ambientes com a maior facilidade.
Isso está ocorrendo porque praticamente não se ver equipes de segurança nessas casas (mistura de bares e casas de shows).
Recentemente, ocorreu um tiroteio num bar da Av. Rogério Weber, no bairro do Areal, do qual resultaram feridas várias pessoas. Essa irresponsabilidade teria sido cometida por um militar das forças armadas e um membro da polícia militar. É óbvio que as centenas de pessoas que ali estavam correram o risco de perder suas vida. Na ocasião teriam sido feitos mais de seis disparos no local.
Na quinta-feira (01/09), em outro desses locais, um elemento executou um jovem a tiros e se evadiu tomando destino ignorado. Isso ocorreu num barzinho situado na Av. Raimundo Cantuária com Av. Guaporé, a duzentos metros do 5º. Distrito Policial.  
Também, há poucos dias, na esquina da Av. Amazonas com Rua Brasília, a menos de cem metros de outro pagode, o cacete comeu solto. Na realidade a “escaramuça” teria se iniciado entre os desafetos lá mesmo no pagode.
Quer dizer, é hora da Delegacia de Jogos e Diversões agir com rigor contra os proprietários desses barzinhos que fazem shows de pagode, exigindo que tenham equipes de segurança para prevenir brigas e tiroteios, e sobre modo, chamando a polícia quando se fizer necessário.
Outra coisa: é preciso que nesses locais, as vias públicas não fiquem interditadas por motos e automóveis cujos pilotos e motoristas estacionam onde bem entendem, num completo desrespeito às normas de trânsito e aos cidadãos de bem. 

GARÇOM

O deputado federal Lindomar Garçom (PV) já adiantou que não pretende deixar as hostes do seu partido, e muito menos a parceria com o governador Ivo Cassol (PP).  Com isso, os que torciam por um distanciamento entre Garçom e o governador Cassol agora estão “fazendo beicinhos” decepcionados. Outra coisa: tudo indica que o PV estará sim no “arco” de apoio político que está sendo “costurado” por Cassol com vistas à sucessão estadual, sua candidatura ao senado, e a renovação das bancadas federal e estadual no ano que se aproxima.
Garçom está confiante no trabalho que vem realizando em prol do Estado e sua população, razões suficientes para fazê-lo buscar a reeleição em 2010, pelo Partido Verde.

IVO CASSOL É O NOVO FENÔMENO ELEITORAL

Em recente passagem por vários municípios rondonienses o colunista constatou que, embora os adversários de Ivo Cassol não acreditem, ele é hoje o maior fenômeno eleitoral do Estado. Há quem já esteja apostando, desde agora, que Ivo Cassol terá mais de 400.000 votos para senador. Salvo algum acidente de percurso de última hora.
Outra coisa que os adversários de Cassol precisam saber é que, mesmo que ele venha a ser cassado, a sua punição já prescreveu. Ela seria de, no máximo, três anos de afastamento das disputas eleitorais. E esse tempo em caráter retroativo já passou, faz tempo.
Portanto, se vier a ser cassado Cassol poderá, sim, candidatar-se ao senado federal e arrasta consigo uma gama de correligionários de partido e de coligação também. Essa é a realidade. 
Quer dizer, os que se digladiam contra Ivo Cassol estão numa encruzilhada dos diabos. É como diz o ditado popular: se correr o bicho pega e se ficar o bicho come. E agora?  

JOSÉ BIANCO

Embora ainda se esteja distante das convenções partidárias de 2010, o quadro político estadual mostra que dificilmente o prefeito de Ji-Paraná José Bianco (DEM) será candidato ao governo do Estado.
Fontes próximas ao ex-governador dão conta que ele está estudando meticulosamente a possibilidade de disputar uma cadeira (das duas que estarão disponíveis pela bancada de Rondônia) ao Senado. Até porque não seria preciso renunciar ao seu mandato de prefeito de Ji-Paraná.
Aí os riscos de Valdir Raupp (PMDB) se reeleger aumentariam (no entender de experts da política tupiniquim), porque já surgem comentários dando conta que José Bianco teria o apoio de Ivo Cassol. E como se sabe Bianco e Cassol são lideranças carismáticas junto ao eleitorado rondoniense. Juntos, sem sombra de dúvida, poderão ter uma avalanche de votos e vir a obter as duas cadeiras da bancada de Rondônia, no Senado.
Embora hipoteticamente, faz sentido se analisar a questão por esse ângulo sim, embora o senador Valdir Raupp seja dono de um grande cacife eleitoral também. O problema são as questões internas do PMDB que nos últimos anos se acostumou a servir de “muletas” para os interesses do PT.
  
ANIVERSÁRIO: 95 ANOS DE PORTO VELHO

No dia 02 do mês corrente o município de Porto Velho completou 95 anos de existência. Parabéns a sua gente ordeira e laboriosa.
São mais de 400.000 habitantes espalhados por mais de cem (100) bairros, umas 2.000 vias públicas, mais de 230.000 eleitores, uma frota superior a 125.000 veículos (sem se incluir 150.000 bicicletas), sede dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além dos mais importantes órgãos federais.
Pena que ainda seja uma Capital vítima da incompetência e desleixo por parte do poder público, apesar das “montanhas de dinheiro” que os cofres federais aqui têm despejado, somando-se a isso os milhões e milhões do tesouro estadual.
É só ver a situação das ruas sujas, o lixo espalhado por toda parte, à feiúra das árvores ornamentais que são pessimamente podadas, a falta de jardins bem cuidados, a falta de calçadas, a falta de uma boa sinalização de trânsito, a falta de ciclovias, a falta de abrigos nas paradas de ônibus, a falta de terminais integrados de transporte coletivo, a falta de segurança (principalmente nas periferias), a falta de uma boa frota de ônibus (limpos e com ar refrigerado), a falta de um bom e bem equipado hospital municipal, a falta de um bom estádio de futebol, de um bumbódromo, de um centro de convenções e um passeio público decente para a população... E de tantas e tantas outras coisas... Particularmente de um maior respeito para com os rondonienses (natos) que se tornaram hóspedes de sua própria terra, em meio ao “boom” de progresso que acorreu para estas paragens da Amazônia Ocidental em curtíssimo espaço de tempo.
Mesmo assim, parabéns Porto Velho pelos teus 95 anos!
O futuro haverá de ser melhor.

AUGUSTO JOSÉ

Cumprimentamos o colega Augusto José, agora com o seu programa ALERTA TOTAL, na Record News de Porto Velho.
A qualidade do programa – com destaque para a área policial -, o talento de seu jovem e dinâmico apresentador dispensam maiores comentários.
A TV Candelária acertou em cheio em contratá-lo.
Muito sucesso, muita saúde e muita sabedoria é o que lhe desejamos meu amigo.   

ATÉ A PRÓXIMA, PREZADOS LEITORES !!!
*******************************************************************************


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions