Rondônia, segunda-feira, 10 de dezembro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Terça, 12 de Abril de 2016 - 14h07

Atualização de banco de dados poderá contribuir para o investimento privado no setor, que hoje atende apenas 64% do que é produzido em MT

Aprosoja MT


Desde 2009 sem atualização, o cadastro de armazenagem em Mato Grosso passará por uma revisão por parte da Companhia Nacional de Abastecimento em Mato Grosso (Conab-MT). Técnicos da estatal irão a campo para renovar o banco de dados, e a expectativa da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) é de que desse levantamento saiam números mais precisos sobre o déficit de armazéns para grãos no estado.

As informações mais atuais compiladas pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) indicam que a capacidade estática de armazenagem em Mato Grosso abrange apenas 64% do volume de grãos produzidos, o que corresponde a 17,7 milhões de toneladas que ficariam a céu aberto.

Esse quadro contrasta diretamente como o cenário de segurança alimentar proposto pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). O órgão propõe que o ideal seria dispor de uma “reserva” de 20% sobre o volume produzido.

“Nossa preocupação se amplia porque as projeções do Outlook 2025 do Imea apontam para um incremento de 71% na produção de soja e milho até 2025, chegando a 84,7 milhões de toneladas. Ou seja, esse déficit só tende a aumentar”, pondera o gerente de Relações Institucionais da Aprosoja, Frederico Azevedo.

Em contribuição encaminhada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para a elaboração do Plano Safra 2016, a Aprosoja reivindica que os recursos do Programa de Construção e Reforma de Armazéns (PCA) sejam mantidos no mesmo patamar do ano passado. Outro pleito foi que a taxa de juros se mantivesse em 7,5% ao ano.

Azevedo explica que há interesse por parte do agricultor em investir na implantação e na ampliação de estruturas próprias de armazenamento. “Sabemos das dificuldades de investimento por parte do Governo Federal. Mas quanto mais fidedignos forem os dados, mais eficiente será esse investimento”, observa.

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira (11) em Cuiabá, o gerente da Aprosoja esteve junto ao superintendente da Conab-MT, Petrônio Sobrinho, solicitando agilidade na realização do levantamento iniciado no ano passado, para que sejam traçadas estratégicas de incentivo e suporte aos produtores que desejem investir em armazenagem.


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/artigos/atualizacao-de-banco-de-dados-podera-contribuir-para-o-investimento-privado-no-setor-que-hoje-atende-apenas-64-do-que-e-produzido-em-mt)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions