Rondônia, quarta-feira, 19 de dezembro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Segunda, 30 de Maio de 2016 - 16h01

Banco da Amazônia anuncia mais celeridade na concessão de crédito para o produtor

Da Redacao


O novo superintendente do Banco da Amazônia, Wilson Evaristo, foi empossado na manhã desta segunda-feira (30), em Porto Velho e já anunciou mais rapidez na liberação de créditos aos produtores rurais. Segundo ele, o desafio é trabalhar conforme a necessidade de cada cliente e ainda possibilitar a fomentação do setor, com taxas de juros especiais. “A superintendência do Banco da Amazônia em Rondônia é a mais eficiente, tem a menor inadimplência e isso mostra que o estado é uma grande potência”, disse Evaristo durante o discurso de posse.

Presente ao evento, o secretário de estado da agricultura, Evandro Padovani, lembrou que a atenção do banco ao homem do campo tem deixado o estado avançar e melhorar na produção. E ajustar a concessão de crédito conforme o calendário da agricultura vai aquecer ainda mais a economia de Rondônia. Sobre este assunto, o novo superintendente confirmou que já existe o planejamento para tornar mais célere a avaliação e concessão de recurso para o produtor rural. “Eu estou retornando da diretoria executiva do banco. Nós temos vários projetos, especialmente de tecnologia, sendo desenvolvidos na busca de reduzir o tempo da concessão do crédito. Operacionalmente, o que vamos fazer é criar equipes itinerantes, para tentar ao máximo, antes do banco finalizar o processo de tecnologia, atender o cliente no tempo do cliente. O setor rural tem um calendário agrícola. Você tem um janela de plantio e você só pode plantar nela. Você só colhe no momento. Então, você tem que ter o recurso antecipado para preparar a terra, para plantar, para colher e isso é determinante. Não é banco quem identifica esse prazo, é o clima”, esclarece Evaristo.

Linhas de crédito

Ao Rondoniagora, Wilson Evaristo falou sobre as linhas de crédito disponíveis para Rondônia. Segundo ele, em janeiro deste ano, o banco disponibilizou R$ 696 milhões em recursos, sendo que ainda restam cerca de R$ 490 milhões para aplicar. “E temos a possibilidade de buscar recursos em outros estados não aplicadores. Os principais clientes do banco todas as pessoas físicas e jurídicas voltadas ao setor produtivo. Nós atuamos tanto para micro-finança, para agricultura familiar, para médio e grande produtor rural. Estamos atuando também na base industrial em parceria com a Fiero (Federação das Indústrias de Rondônia), e na base de comercial com a Fecomércio e Sebrae. Nós não temos problema de recurso, nosso desafio é fazer acontecer”, garante o superintendente que garante ter recursos disponíveis também para a nova safra de milho e soja que inicia em 1º de julho deste ano e segue até 30 de junho de 2017.

Taxa de juros

Com linhas de crédito voltadas aos produtores rurais, o banco precisa se adequar e oferecer taxas de juros diferenciadas do restante do mercado. Evaristo diz que a selic que comanda a taxa de juros está em 14,25%. “Temos uma inflação perto de 10%, e as taxas de juros voltada ao setor rural, elas são de 2% até 6,5%, e para o grande até 8,5%. Para o setor comercial e industrial nossas taxas variam de 9,5% até 12%. Se fizermos a relação do custo benefício e das taxas que estão postas ao mercado, naturalmente o Banco da Amazônica está aplicando taxas subsidiadas aos produtores”, afirma.

Para um projeto ser aprovado, o banco faz uma “análise entre o que se produz, quais as receitas, quais os custos, se insere a taxas de juros e verifica se o projeto tem rentabilidade. Se houver o banco financia. Na sua grande maioria existe”.

Rondônia Rural Show

Presente na 5ª Rondônia Rural Show, que ocorreu em Ji-Paraná na última semana, o banco ainda está fazendo o balanço final das ações realizadas durante a feira. Mas, até a sexta-feira, já havia contabilizado R$ 157 milhões de propostas de projetos. “A Rondônia Rural Show mostra definitivamente que Rondônia tem um grande potencial, que esse seguimento não está parado, que existem empresas e produtores buscando crédito. O que temos que fazer é priorizar esses atendimentos e dizer a sociedade que nós temos recursos disponíveis e que vamos fazer com que esses recursos cheguem efetivamente a mão do produtor”, finaliza Wilson Evaristo, novo superintendente do Banco da Amazônia em Rondônia.


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/artigos/banco-da-amazonia-anuncia-mais-celeridade-na-concessao-de-credito-para-o-produtor)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions