Rondônia, quinta-feira, 23 de novembro de 2017
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Quinta, 17 de Janeiro de 2008 - 12h10

BANZEIROS - Onde se comenta o que foi e o que não foi notícia

José Carlos Sá


P O C(RUZ CREDO)Visitando um amigo que trabalha na Policlínica Osvaldo Cruz ouvi estórias que pensei não passavam de lendas urbanas, mas não eram. Alguns exemplos: O fiscal de ponto é chamado de Saddan; as consultas são marcadas para começar às 7hs, mas a pessoa encarregada de liberar as chaves dos consultórios só chega às 8hs. Também há médico que deveria chegar às 7 hs, mas chega às 11. Para o funcionário sair dez minutos mais cedo, é preciso pegar autorização de três pessoas de diferentes setores. A rigidez, porém, não é equânime.

++++
ESPANTOSO

“Cheia aumenta o nível do Madeira...” Essa também é boa: “Pintor cai do telhado e sofre fratura no Setor 09 de cima”.

++++
ABSURDO

Chego ao cartório para reconhecimento de firma (Estado Burocrático Brasileiro) e sou informado que “o sistema está fora do ar”. Por estar necessitando da providência com urgência, indago apontando para os arquivos de aço ao fundo: “E as fichas de assinaturas?” Ela diz na maior cara-de-pau: “Não dá. Para consultar as fichas preciso acessar o sistema”. É muita preguiça, acomodação ou esse tal de sistema é uma grande FDP!

++++
INVASÃO

O leitor comenta a nota “Assentamento”, publicada dia 15:

ABRASPAS:

O ASSENTAMENTO

O que causa espanto e revolta é que: Se você tem um terreno e quer construir nele qualquer coisa que seja, tem que fazer a planta do imóvel, registrar no CREA, registrar na prefeitura, registrar no INSS, recolher uma cacetada de taxas, respeitar os recuos de calçada e muros etc.. etc... etc.... Solicitar a ligação de água na CAERD, a energia na CERON e tome taxas... Durante a execução da obra, vai receber a “visita” de fiscais de todos os órgãos responsáveis pelo zelo ao patrimônio público para verificar se está tudo nos conformes...

=+=+=
PARA EMPREENDEDOR ENTÃO!

Se no caso você for realizar um empreendimento imobiliário, loteamento, por exemplo, além de tudo isso, é preciso deixar uma cota do terreno para ruas, calçadas, praças, respeitando as dimensões determinadas pelo órgão competente. Respeitar a área de preservação de nascentes (leia-se aí “olhos d’água”), córregos, casa de abelhas e então enfrentar a ira dos amigos da terra, do ar e do mar. Além do Ministério Público e dos ecopolíticos de plantão.

=+=+=
ELES PODEM

Quando o caso é invasão, e em Porto Velho isso é coisa corriqueira, abrem-se ruas, na invasão do Triângulo, pode-se ver que os ditos sem moradia deixaram alguns espaços entre os terrenos que chamam de ruas. Instala-se energia. Rouba-se água. E ninguém fala nada.... Ninguém faz nada, para impedir a propagação desta indústria.

=+=+=
A REVOLTA

Até 90 dias atrás a área invadida era mata fechada... Depois que a prefeitura preparou o terreno para o início das obras para a construção de um conjunto habitacional, os “amigos não sei de quem” fizeram um protesto dizendo que aquela área fazia parte do histórico Cemitério da Candelária, e que ali estavam sepultados antigos trabalhadores da Estrada de Ferro Madeira Mamoré. Uma mentira, pois a área do Cemitério da Candelária e do antigo Hospital da Candelária fica a mais de 500 metros do local, nos fundos do residencial Cujubim, bem próximo da ferrovia.

=+=+=
O QUE É PIOR

Além da área já preparada pela prefeitura, os invasores estão ocupando um outro terreno na estrada do Santo Antônio, agora sim, colocando em risco a área pertencente ao Cemitério da Candelária, as terras do Belizário Pena e diversas nascentes e igarapés que cortam aquelas martas.

=+=+=
ONDE ESTÃO

Até agora não ouvi nem um pronunciamento, nem dos defensores das matas e das florestas, dos igarapés e dos olhos d’água e nem dos Amigos da Estrada de Ferro, nem tampouco do MP. Empreendimento que vai gerar emprego e renda não pode! E como diz a gorducha do Zorra Total: “Barraco pode”.

FECHASPAS. E assino solidário.

++++
TRILHA – DISCO 2

A música que nos embala e inspira hoje é "Fogo”, com Capital Inicial.

++++
HEIN?

As notas policiais dão conta que um travesti foi preso em Guajará-Mirim pelo porte de uma pistola de brinquedo. Não sabia que isso era crime para aquele segmento...

++++
DE CAMAROTE

Se confirmados os prognósticos de malária, meus amigos Hokney e Samuel providenciarão um cardápio especial para minha convalescência. Após isso, reservarão lugar de honra para que eu assista tranqüilo a construção da Usina de Santo Antônio do alto do morro e sem precisar me levantar. Muy amigos, muy amigos...

++++
FRASE

“Os melhores dias da minha vida são aqueles que ainda estão por vir”. Eu, em momento de profunda reflexão e rara inspiração.

++++
FALSO

É absolutamente falsa a informação que fui colega de turma do Seu Chico Bigode na cadeira de “Diplomacia” na Sorbonne. Estudei, sim, em Lausanne, na Suiça, onde Seu Lunga se formou anos antes.

++++
TURISMO

O prefeito de Alto Paraíso, Altamiro Souza, mais uma vez surpreende com a Corrida do Jerico. Este ano, a corrida será apenas uma das muitas atrações que ocorrerão durante a semana de 10 a 17 de fevereiro, e haverá de tudo, desde show gospel até campeonato de som automotivo. Os demais municípios, que não criam atrativos turísticos, mandam seu povo para gastar dinheiro em Alto Paraíso.

++++
TÁ DITO.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions