Rondônia, quarta-feira, 13 de dezembro de 2017
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Segunda, 21 de Janeiro de 2008 - 14h16

BANZEIROS - Onde se comenta o que foi e o que não foi notícia

José Carlos Sá


É ASSIMSe dependesse de mim, ficava do jeito que está, mas a pedidos, vamos lá: “A título de informação, o repasse do carnaval foi cortado aos blocos de carnaval e não às escolas de samba (...). O recurso que era [seria?] destinado aos blocos vai ser convertido em Carnaval do Bingool de grátis pro povão...”. Então tá certo.

++++
E ASSIM SERÁ

A suspensão do repasse de verbas para os blocos é que ainda merece uma explicação plausível, pois não quero acreditar que a decisão foi tomada em cima de “disse-que-me-disse”.

++++
EXCLUSIVO

Seguindo a tendência para o Carnaval 2008, preparem-se, pois nos porões das casernas estão sendo feitos os cálculos para a cobrança de duas novas taxas no período momesco. Estas taxas, em princípio, não serão cobradas dos blocos e escolas de samba, mas individualmente. A Marinha estuda uma arrecadação taxando quem for assistir ou participar das “corridas de submarino” no rio Madeira, igarapés e lagos da região. Já a Aeronáutica, cobrará pela segurança do tráfego aéreo aos pilotos da “esquadrilha da fumaça”. Eita nois. Os fundos ficarão todos recheados

++++
FRASE

“Quero parar de escrever antes que senilidade me encontre e que o bom senso me deixe”. Eu, ainda apresentando os sintomas da dengue.

++++
DENGUE

Em Porto Velho funciona assim: Você vai ao posto de saúde; chega de madrugada para pegar uma ficha. Digamos que tenha sorte. O médico ouve suas queixas e lhe dá uma guia solicitando o exame para saber se tem dengue. O exame é marcado para duas semanas depois. Quando chega o dia para a coleta do sangue, a doença já se mandou por si só e você não tem nada. Ou seja, a dengue não existe, é apenas um delírio.
(Obs.: O fato narrado acima foi contado por meu vizinho, também dengoso, quando trocávamos impressões sobre a doença)

++++
FALANDO NISSO

E falando em delírio, a “viagem” mais incrível que vi foi a justificativa da invasão do terreno da Prefeitura, destinado a construção de casas para pessoas-ameaçadas-pelas-cheias-anuais-do-Madeira-e-que-não-saem-de-onde-moram-nem-que-a-vaca-tussa: “as casas que a Prefeitura vai fazer é para dar aos funcionários de Furnas que virão para cá”. Eu comecei a rir, mas tive um acesso de tosse, que virou um engasgo, que passou para uma disritmia, que só acabou quando rezaram o terço sobre minha cabeça. É demais para o cabeção. Debilitado que estou, não posso ser submetido a esse tipo de tratamento de choque...

++++
A DISTÂNCIA

Reconhecendo uma atividade que vem sendo exercida há anos, modestamente anunciada em cupons publicados em revistas populares, oferecendo cursos de detetive e de reparador de rádio por correspondência, o Ministério da Justiça oferecerá 45 mil vagas para cursos a distância, destinados a policiais federais, rodoviários federais, civis, militares, bombeiros, agentes penitenciários e guardas municipais. Entre os cursos oferecidos estão: tráfico de seres humanos; combate à lavagem de dinheiro; uso progressivo da força; e busca e apreensão, entre outros. A justificativa é para suprir carência de requalificação desses profisssionais. Sem comentários.

++++
PREFEITURA

Não se pode dizer que entramos em clima pré-eleitoral. Há boatos lançados na cidade, que disputam entre si a indicação de ser o mais inverossímil. Os pretensos candidatos, lançados pela Imprensa, estão na muda e a fofoca comendo solta no centro. Enquanto não passar o carnaval e a semana santa, qualquer conjectura não passa de conjectura.

++++
É BOM NÃO CONTRARIAR.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions