Rondoniagora.com

Rondônia, 01 de Outubro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Artigos

Carne rondoniense pode abastecer novos mercados árabes

Quinta-feira, 28 Abril de 2016 - 21:06 | Da Redacao


O governo do estado iniciou nesta semana uma aproximação com o Sultonato de Omã para possíveis acordos comercias. O vice-governador Daniel Pereira e a superintendente de Integração do estado de Rondônia, em Brasília, Elizete Lionel, apresentaram ao khalid Said Salem Aljaradi, embaixador daquele país, as potencialidades de Rondônia e ao mesmo tempo estendeu o convite para que ele conheça a Rondônia Rural Show.

Omã, como é popularmente conhecido, é um país de língua árabe, com quatro milhões de habitantes, grande produtor de petróleo, situado na extremidade oriental da Península Arábica e faz parte de colegiado denominado de Liga Árabe, composto por dezenas de nacionalidades.

O embaixador khalid Said demonstrou interesse em conhecer Rondônia e disse ter ficado impressionado com a capacidade de produção do Estado. Segundo ele, as informações colhidas na audiência serão repassadas a outros embaixadores na próxima reunião da liga árabe no Brasil. Ele lamentou não poder ir neste ano à Rondônia Rural Show, mas não descartou a possibilidade de conhecer a feira em 2017.

O vice governador,  enfatizou que o encontro foi extremamente positivo,  porque apesar de ter visitado apenas uma embaixada de língua Árabe, o embaixador de Omã é uma espécie de líder das embaixadas. “Isso para nós é uma grande oportunidade. Vamos organizar uma recepção para recebê-lo em Rondônia. Esperamos que seja para o próximo semestre”, afirmou

Segundo Daniel Pereira, em Rondônia já existe frigoríficos que vendem produtos para países árabes, mas o comércio pode crescer porque há potencial para isso. “A população árabe é grande, forte economicamente e  tem necessidade de alimentos, e  Omã é um país em que nós poderemos num futuro próximo ter belíssimas oportunidades para fazer negócio. Eu avalio como uma reunião de primeira grandeza”, concluiu.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News