Rondônia, quinta-feira, 16 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Segunda, 19 de Maio de 2008 - 20h12

COLUNA BASTIDORES POLÍTICOS – POR GÉRSON COSTA

Gerson Costa


Xeque mate

Se hoje fosse a data final para o PT e PMDB decidir sobre aliança em Porto Velho, os peemedebistas não indicariam o vice do prefeito Roberto Sobrinho, mas em troca, ganhariam duas importantes secretarias municipais, abarrotadas de emendas da deputada federal Marinha Raupp e do senador Valdir Raupp. O PDT também caminharia com Roberto e sem qualquer tipo de promessa futura de cargos, já que o principal manda-chuva pedetista já opera negócios com Sobrinho e cia. O vice, finalmente, sairia do próprio Partido dos Trabalhadores.

Os inconfiáveis

O principal temor dos petistas, o que tem unido as correntes internas no mesmo discurso, é deixar a Prefeitura de Porto Velho em 2010 para o PMDB, no caso de Sobrinho se reeleger e alçar um vôo mais alto naquele ano, tentando, por exemplo, uma cadeira ao Senado. A legenda liderada por Raupp tem se mostrado inconfiável. Os aliados do prefeito apontam até o culpado para esse sentimento: José Augusto, que abandonou o PT nas últimas eleições e ainda ingressou com ação contra a legenda trabalhista.

Corpo mole

Outro ponto desfavorável para o PMDB é sua própria militância. O PT conhece bem a tática de alguns, desde a época do ex-senador Amir Lando. Fazem muito barulho por cargos e posições dentro da campanha, mas esquecem de ir às ruas pedir voto para o candidato aliado. Se o quadro acima mudar nos próximos 42 dias, último prazo para as convenções municipais, o vereador e secretário Emerson Castro é o nome mais “palatável” dentro do PT.

Briga de foice

Mesmo sem posição fechada, o PT de Porto Velho discute entre suas correntes qual nome seria melhor para compor a chapa “puro sangue” com o prefeito Roberto Sobrinho. Uma ala defende o deputado federal Eduardo Valverde, muito carismático internamente. Essa alternativa abriria caminho para o ex-deputado Eurípedes Miranda, primeiro suplente de deputado federal. Outro grupo aposta no secretário de Planejamento, Israel Xavier, perfil mais técnico do que político. E há ainda outras opções como o presidente da Câmara, José Hermínio, cujo fantasma da inelegibilidade o assombra, e ex-secretário Edson Silveira, forte aliado da senadora Fátima Cleide. Se a vontade do prefeito prevalecer, Israel Xavier é seu vice.

Balanço negativo

Saíram em defesa do diretor-técnico da Ceron, Inácio Azevedo, no caso do pagamento de R$ 93 milhões a uma determinada empresa. O proprietário da firma está viajando para os Estados Unidos. Seria transparente e correto a nova gestão da empresa energética divulgar os resultados de auditoria em suas contas. Aquele episódio da compra de óleo diesel acima dos valores de mercado nunca foi explicado de verdade.

Novo blog

Vereador Kruger Darwich estréia blog na internet. Só vi uma nota até agora, mas se atualizar diariamente com o que acontece na Câmara será interessante e bem acessado. Só a foto ficou grande... O endereço é http://www.krugerdarwich.com/

E-mail: Gerson@rondoniagora.com

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions