Rondoniagora.com

Rondônia, 07 de Outubro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Artigos

COLUNA BASTIDORES POLÍTICOS, Por Gérson Costa

Segunda-feira, 26 Maio de 2008 - 09:39 | Gérson Costa


Inércia petista
Na verdade, os petistas de Porto Velho não esperavam a rápida movimentação do senador Valdir Raupp. Achavam que a discussão dentro do PMDB iria perdurar até próximo das convenções. Agora, Sobrinho e cia têm um grande problema nas mãos: apagar os focos de rebelião dentro do PT pela indicação do vice. A legenda não aceita entregar o cargo para o PMDB sob pena de inviabilizar o projeto de Sobrinho, em caso de sucesso na reeleição, para 2010. Há quem aposte em Israel Xavier, secretário de Planejamento, mesmo depois da decisão do PMDB.

Cobaias humanas

Focos de rebeldia
Na verdade, os petistas de Porto Velho não esperavam a rápida movimentação do senador Valdir Raupp. Achavam que a discussão dentro do PMDB iria perdurar até próximo das convenções. Agora, Sobrinho e cia têm um grande problema nas mãos: apagar os focos de rebelião dentro do PT pela indicação do vice. A legenda não aceita entregar o cargo para o PMDB sob pena de inviabilizar o projeto de Sobrinho, em caso de sucesso na reeleição, para 2010. Há quem aposte em Israel Xavier, secretário de Planejamento, mesmo depois da decisão do PMDB.

Cobaias humanas

Mereceu uma no rodapé da revista Época deste fim de semana as denúncias de uso de “cobaias humanas” em pesquisas de combate à malária no Estado do Acre. A mídia nacional poderia explorar mais o assunto, já que a prática é proibida pelo Ministério da Saúde e as autoridades acreanas, em sua maioria ligada ao PT, intitulam-se firmes defensores da ética e dos direitos coletivos. Só pra não esquecer: Marina Silva, ex-ministra do Meio Ambiente e, por hora, senadora da República faz parte da cúpula petista acreana.

Maldição de Collor
O jornalista Rudolfo Lago, que assina matéria sob título “A maldição de Collor” na revista IstoÉ, errou ao revelar que o ex-senador Amir Lando está recolhido em Rondônia aproveitando seus dias de “ostracismo”. Desde o fim da fracassada campanha ao Governo em 2006, Amir não é visto nos centros urbanos do Estado. Limita-se a visitar periodicamente sua fazenda em Corumbiara. Até sua residência em Porto Velho foi vendida para um grupo interessado na construção de um prédio residencial. O projeto de Amir Lando era colocar em operação um escritório de advocacia em Brasília, mas pelo jeito, também não vingou.

Magno fora
O deputado estadual Alex Testoni (PTN) vai mesmo disputar a Prefeitura de Ouro Preto do Oeste. E com apoio do ex-prefeito e ex-deputado Carlos Magno, que deve assumir o Instituto de Terras de Rondônia, cargo acumulado hoje pelo ex-senador Odacir Soares.

e-mail: gerson@rondoniagora.com
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News