Rondônia, terça-feira, 21 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Quinta, 10 de Julho de 2008 - 23h55

COLUNA BASTIDORES POLÍTICOS, Por Gérson Costa

Gérson Costa



Chorar...

Li as explicações do nobre deputado Wilber Coimbra (PSB). Meras palavras pensadas por algum assessor para satisfazer o movimento das esposas dos policiais militares. A desfaçatez do parlamentar só não é maior à sua desesperada campanha no ano passado contra a comandante da PM, Angelina Ramirez, com discursos inflamados, recheados de críticas à gestão e a suposta perseguição aos praças. Como num passe de mágica, o Wilber da Astir parou com as críticas, discursos e os constantes apelos ao governador Ivo Cassol (sem partido) para substituir a atual comandante. Das duas uma, ou a “perseguição” aos praças foi extinta ou o parlamentar conseguiu o que sempre quis por trás das pesadas expressões, chamando, inclusive, Angelina de “maligno”, quais sejam portarias, nomeações, indicações, entre outras benesses no comando maior da Polícia Militar.

... não adianta

A grande verdade sobre esse deputado, que se diz representante dos policiais militares, é que está mesmo é interessado em resolver seus assuntos pessoais, deixando a tropa de lado. Wilber poderia responder uma simples pergunta, o porquê até hoje ele não conseguiu dialogar com o governador Cassol e garantir um aumento digno aos policiais¿ Além de tentar ludibriar as esposas à frente do movimento de luta pela causa dos militares, a nota do deputado Wilber foi gerada após minutos de choradeira ao telefone com o governador Ivo Cassol, o primeiro a quem o deputado recorreu quando viu sua farsa de bom representante ser desmascarada. O pedido ao chefe foi tentar influenciar veículos de comunicação durante a divulgação dos fatos. Pedido negado. Wilber deveria lembrar do ex-deputado Coronel Abreu, parlamentar de um único mandato por ter priorizado seus assuntos particulares em detrimento aos interesses coletivos da tropa.

PT define comitê

O Partido dos Trabalhadores definiu os nomes para o comitê de campanha do prefeito Roberto Sobrinho. Caberá ao ex-secretário Marcelo Fernandes a coordenação-geral; Orlando da Eletronorte fica no financeiro; Odair Cordeira cuida da área do marketing; Itamar Ferreira dos Santos, presidente da CUT, ganhou o posto de mobilização de rua; e o jurídico com os advogados Romilton Marinho e José Filho. Essas pessoas foram designadas para cuidar da rotina da campanha, mas o núcleo que vai pensar as estratégias para conquistar o segundo mandato de Roberto Sobrinho passa por um pequeno grupo, liderado por Odair Cordeiro com ajuda de Tácito Pereira, David Nogueira e outros companheiros da corrente majoritária do PT. Ficou definido também que Miriam Saldanha fica na chefia de Gabinete, longe do fervor da caça aos votos.

Não erramos

Postei uma notícia no meio da confusão acerca das alianças partidárias informando sobre a desistência do ex-chefe da Casa Civil Joarez Jardim à Prefeitura de Ji-Paraná. É que o governador Ivo Cassol fechou compromisso com o prefeito José Bianco (DEM) e o vice, José Otônio, deixando de lado qualquer apoio as pretensões de Jardim. O ex-chefe da Casa Civil ligou para redação, dizendo que nada o faria desistir da campanha. Errado. Está fora da disputa. Agora, assumiu por 30 dias a sub-chefia da Casa Civil e aguarda um novo posto a ser definido pelo chefe do Executivo rondoniense.

Apoio e nada...

Parece piada mas alguns candidatos a prefeito estão enviando releases as redações, pedindo, inclusive destaque nas matérias, sobre o apoio do presidente da Assembléia Legislativa de Rondônia, Neodi Carlos Oliveira (PSDC-Machadinho). O apoio de Neodi e nada é a mesma coisa já que não tem densidade eleitoral alguma, apenas tem seu nome citado com freqüência na mídia por ser representante de um dos poderes do Estado. Até pouco tempo, os mesmos candidatos que alardeiam o apoio de Neodi o criticavam pela sua fraqueza em desistir da presidência da Assembléia Legislativa por não agüentar mais “pressões”.

Agora muda

O deputado Jesualdo Pires (PSB-Ji-Paraná) com apoio da Mesa Diretora suspendeu as veiculações de publicidade da Assembléia Legislativa. Algumas distorções precisam ser corrigidas no contrato. Tem uma rádio, que deveria funcionar em outro município, mas o apresentador não sai de Porto Velho, recebe uma bolada em detrimento de outras rádios notoriamente com maior audiência na Capital. Outro assunto na pauta da Mesa são os critérios de distribuição da fatia do bolo publicitário.

Fundação Assembléia

A tão sonhada Fundação do Estado de Rondônia (Fundaron) saiu do papel e com um aporte de R$ 2,4 milhões. Esse ente poderá contratar sem concurso público, firmar convênios sem licitação, entre outras ações para implantar a rádio e tevê da Casa do Povo. Tem gente graúda de olho...

gerson@rondoniagora.com

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions