Rondônia, domingo, 22 de julho de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Sexta, 03 de Abril de 2009 - 18h33

Coluna semanal Sindsef - 05 a 11 de abril

SINDSEF - RO


Coluna semanal Sindsef - 05 a 11 de abril
CONVÊNIOS

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Federais de Rondônia (SINDSEF), Herclus Coelho, juntamente com o Secretário executivo Mário Jorge, anunciou na Assembléia Geral do último dia 03/04/2009, que a entidade está realizando convênios com médicos e laboratórios, numa forma de amenizar para o associado o impacto do valor dos exames e consultas, principalmente para aqueles que ainda não tem plano de saúde. Enquanto a GEAP está sendo analisada em Brasília, no setor jurídico do Ministério da Fazenda, os servidores, ficam a mercê das incontáveis filas nos hospitais públicos.Inicialmente, serão oferecidos os convênios com o LAC (Laboratório de Análises Clínicas) e clínica Dr. Gemelli. Serão beneficiados servidores e seus dependentes, que contam com descontos especiais em tabelas elaboradas pelos convenentes, objetivando facilitar a vida deles. O atendimento será na área de cardiologia, obstetrícia, clínico geral, ginecologia e exames laboratoriais de diversas modalidades e ainda estética. O sindicalista disse que vários outros tipos de convênios com estabelecimentos comerciais estão sendo estudados para atender melhor o associado.

PROJETO "VIDA E SAÚDE"

O SINDSEF desenvolverá o projeto "Vida e Saúde" que acontecerá na sede social, localizada à Rua Rio de Janeiro, onde conta com uma piscina olímpica e ampla área de lazer. Com horários pré-determinados, incluindo sábados e domingos, o associado terá o direito de usufruir da prática do esporte, com exercícios físicos orientados, informação sobre nutrição, terapia ocupacional, hidroginástica, recreação e lazer, contando ainda com palestras sobre temas do cotidiano que envolve a terceira idade e a saúde.

DNIT PRESSIONA

Reunidos em assembléia nacional na última quarta-feira, (1º), servidores do Dnit de 14 estados discutiram ações que serão tomadas para pressionar o governo a solucionar os diversos impasses instalados no processo de negociação com o setor. Inconformada com o descaso com que vem sendo tratada pelo governo desde o ano passado, a categoria decidiu organizar uma atividade em frente ao Ministério do Planejamento no próximo dia 6 de abril. Na ocasião, os sindicalistas vão ao ministério participar de reunião que trata da pauta do Dnit. Na assembléia, os servidores decidiram
defender a pauta de reivindicações original da categoria, já que o governo não foi capaz de cumprir com a proposta apresentada de bônus trimestral.

FIM DO FATOR PREVIDENCIÁRIO

Movimento sindical pede fim da regra que penaliza os trabalhadores no momento da aposentadoria ao reduzir os benefícios por tempo de contribuição. A CFT realizou novo debate na quinta-feira (2), com técnicos do Governo e representantes da sociedade civil. Na segunda audiência pública que discute a proposta de acabarem com o fator
previdenciário, as centrais sindicais foram unânimes em defender o fim da regra que penaliza os trabalhadores no momento da aposentadoria ao reduzir os benefícios por tempo de contribuição a cargo do INSS.

ADMINISTRATIVOS FAZENDÁRIOS

A Condsef, acompanhada de representantes de seu Departamento dos Trabalhadores da Fazenda (Denfa), foi recebida, na última terça-feira, pela diretora de Gestão Corporativa do MF, Rosângela Oliveira. Na oportunidade, a entidade discutiu o processo de negociações que está em curso no grupo de trabalho (GT) para criar proposta de
reestruturação da carreira dos administrativos fazendários. Oliveira informou que a Procuradoria vai continuar apoiando as reivindicações dos administrativos do PEC/FAZ.

RECESSÃO

Aumento do salário mínimo, benefícios assistenciais, investimentos em obras e gastos com a máquina impedirão derrocada maior da economia. O governo terá papel fundamental para evitar que o Brasil feche 2009 com retração na economia, fortemente impactada pela crise internacional. Foi o que reconheceu o diretor de Política Econômica do Banco Central, Mário Mesquita, ao anunciar a revisão, de 3,2% para apenas 1,2%, da projeção de crescimento para o Produto Interno Bruto (PIB).
Com uma ou outra exceção, as ações diretas ou indiretas do setor público vão estimular a produção e o consumo. "Em tempos de recessão ou de forte desaceleração da atividade, os gastos públicos têm efeito anticíclico e ajudam a amortizar as variações da economia", disse.

SERIA MENTIRA?

Uma pesquisa sobre emprego público, realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (IPEA), chegou a uma conclusão surpreendente: a máquina pública brasileira não está inchada, comparada à de países desenvolvidos e com os da América Latina, a proporção de servidores públicos na faixa da população economicamente ativa é uma das menores (10,7%), segundo dados computados em 2005. Em países como Dinamarca e Suécia, mais de 30% dos ocupados estão trabalhando para o estado. Em outros que têm o setor privado como alicerce, caso dos Estados Unidos, o percentual é de 14,8%, também usando dados de 2005. O pesquisador Fernando Augusto de Mattos observa que a adoção do Estado de Bem-Estar Social por vários países europeus no período pós-Segunda Guerra Mundial fez com que o setor público passasse a ter um peso significativo na promoção do emprego e da qualidade de vida da população. A necessidade de políticas sociais universalistas fez a participação dos empregos públicos crescer mais nos países desenvolvidos do que nos subdesenvolvidos.

BRESSER

Na última Assembléia Geral do SINDSEF, (03), foi informado aos servidores, através do departamento jurídico presente na reunião através de seus advogados, que o dinheiro do Plano Bresser, está disponível na Justiça Federal, faltando apenas o juiz cumprir alguns procedimentos judiciais para a liberação do recurso. Os sindicalizados devem procurar a sede do SINDSEF para obter maiores informações.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions